Hemofilia e abuso infantil como possíveis causas de hematoma extradural: relato de caso

INTRODUÇÃO: Traumatismo crânio-encefálico é importante conseqüência de abuso infantil. Mecanismos fisiopatológicos específicos do abuso infantil são responsáveis pela ''whiplash shaken-baby syndrome'', o que favoreceria o aparecimento de hemorragias intracranianas. RELATO DE CASO: Relatamos o caso de uma criança que desenvolveu hematoma extradural após trauma de pequena intensidade. Foi feito diagnóstico inicial de abuso infantil, mas investigações subseqüentes levaram ao diagnóstico de hemofilia A. CONCLUSÃO: Embora o hematoma extradural não esteja intimamente relacionado com abuso infantil, esta etiologia deve ser sempre considerada quando o mecanismo de trauma relatado estiver fora de proporção com as lesões encontradas.

hemofilia A; abuso infantil; hematoma extradural


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org