Freqüência de sintomas obsessivos e compulsivos em pacientes com blefaroespasmo e espasmo hemifacial

Renato P. Munhoz Helio A.G. Teive Marcus V. Della Coletta Francisco M.B. Germiniani Fábio M. Iwamoto Carlos H.F. Camargo Lineu César Werneck Sobre os autores

FUNDAMENTOS: Blefaroespasmo (BE) é uma forma de distonia focal central recentemente relacionada a desordens psiquiátricas, particularmente sintomas obsessivos e compulsivos. Espasmo hemifacial (EHF) representa uma forma de mioclonia com origem periférica, no nervo facial. OBJETIVO: Determinar a frequência de sintomas obsessivos e compulsivos em pacientes com BE em comparação com pacientes com EHF. MÉTODO: Foram avaliados 30 pacientes de cada grupo acompanhados no ambulatório de toxina botulínica do HC-UFPR, através de entrevista estruturada baseada nos critérios do DSM-IV e pela escala de Yale-Brown. Os resultados foram comparados pela média do teste de t de Student bicaudal. RESULTADOS: Observaram-se sintomas obsessivos ou compulsivos em 20 (66,6%) pacientes com BE e 21 (70%) pacientes com EHF. Os escores da escala de Yale-Brown em cada grupo foram maiores entre aqueles com BE, porém, as diferenças não foram estatisticamente significativas. CONCLUSÃO: Nosso estudo não evidenciou diferença significativa na comparação de prevalência de sintomas obsessivos e compulsivos entre pacientes com BE e EHF.

sintomas obsessivos e compulsivos; blefaroespasmo; espasmo hemifacial


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org
Accessibility / Report Error