Accessibility / Report Error

Pacientes com ataxia espinocerebelar autossômica dominante apresentam maior risco de quedas, déficit de equilíbrio corporal e redução da capacidade funcional

OBJETIVOS:

Avaliar o equilíbrio e a capacidade funcional em pacientes com ataxia espinocerebelar.

MÉTODOS:

Quarenta e quatro pacientes com diferentes tipos de ataxia espinocerebelar foram avaliados usando os testes de equilíbrio e de marcha de Tinetti, e da Medida de Independência Funcional. A Escala para Avaliação e Graduação de Ataxia e a Escala Cooperativa Internacional para Graduação de Ataxia foram utilizadas para avaliar a gravidade da doença.

RESULTADOS:

A maioria dos pacientes apresentou risco significativo de quedas. As pontuações de equilíbrio foram diferentes entre os tipos de ataxia espinocerebelar. Foi encontrada correlação positiva entre o déficit de equilíbrio e a gravidade da doença.

CONCLUSÃO:

Os pacientes com ataxia espinocerebelar possuem comprometimento importante do equilíbrio e risco de quedas, que influenciam a capacidade funcional, como por exemplo: auto-cuidado, transferências e locomoção. Além disso, quanto mais grave a ataxia, maior o comprometimento do equilíbrio postural, do risco de quedas, e da capacidade funcional.

ataxias espinocerebelares; equilíbrio; risco de quedas; capacidade funcional


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org