Diretrizes práticas e abrangentes para otimização hemometabólica cerebral multiterapêutica

Em anos recentes, "diretrizes" não abrangentes foram propostas para o tratamento de traumatismos cerebrais agudos graves, enfocando estritamente em duas abordagens: 1) manter-se a pressão de perfusão cerebral em quaisquer níveis acima de 70 mm Hg; e 2) manter-se a pressão parcial de gás carbônico arterial acima de 30 torr. Seguindo estritamente tais proposições, artigo recentemente publicado envolvendo estudo prospectivo controlado revelou taxas de mortalidade de não menos que 75-76%, muitissímo piores do que taxas de mortalidade publicadas anteriormente a essas "diretrizes". Como uma alternativa humanitária, as diretrizes aqui propostas têm como meta explicar estrategias para que se tratem não apenas a pressão intracraniana e a pressão de perfusão cerebral, mas também a extração cerebral de oxigênio, baseando-se em trabalhos sólidos publicados anteriormente, os quais revelaram as menores taxas de mortalidade (inferiores a 15%) da literatura pertinente, em anos recentes.

extração cerebral de oxigênio; pressão intracraniana; diretrizes; traumatismo cerebral


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org