Accessibility / Report Error

Autoestima, percepção de suporte social e percepção de controlabilidade de crises em adolescentes com epilepsia

OBJETIVO: Comparar a autoestima de adolescentes com epilepsia e adolescentes sem epilepsia e relacioná-la com percepção de suporte social e controlabilidade de crises. MÉTODO: A amostra do estudo consiste: grupo caso (34 sujeitos) atendidos no ambulatório de epilepsia infantil do Hospital Universitário e grupo controle (30 indivíduos) de escolas públicas de Campinas-SP. Os instrumentos utilizados foram: cartão de identificação com dados demográficos e de epilepsia, entrevista semiestruturada sobre os aspectos da doença e Escala Multidimensional de autoestima. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre os dois grupos, mas a maioria dos adolescentes com epilepsia apresentou maior pontuação de autoestima, conhecimento sobre epilepsia, altos níveis de suporte social e percepção de controlabilidade das crises. Não houve relação significativa entre suporte social e percepção de controlabilidade das crises com a autoestima. CONCLUSÃO: Conhecimento sobre a epilepsia, percepção de apoio social assim como boa controlabilidade de crises parecem ser contingências importantes para uma melhor avaliação da autoestima em adolescentes com epilepsia.

autoestima; suporte social; controlabilidade; adolescentes; epilepsia


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org