Perfil dos pacientes atendidos no ambulatório de demência de um hospital universitário

Lyssandra dos Santos Tascone Rita de Cássia G. Marques Elaine Cristina Pereira Cássio M.C. Bottino Sobre os autores

OBJETIVO: Apresentar características demográficas, escores médios de testes e escalas aplicadas aos pacientes com demência e discutir a relação dos escores dos testes com os diagnósticos clínicos e a gravidade da demência. MÉTODO: Pacientes (n=113) foram diagnosticados segundo os critérios para demência do DSM-IV, avaliados com história clínica, exame físico, exames complementares e aplicação de testes cognitivos, funcionais e neuropsiquiátricos. RESULTADOS: A idade média foi 74,0 anos. A doença de Alzheimer (DA) foi diagnosticada em 62,8% dos casos, DA e demência vascular em 8,8%, outras demências em 14,2%, e comprometimento cognitivo leve em 2,7%, Ao menos um sintoma neuropsiquiátrico foi diagnosticado em 96,9% da amostra. Houve diferenças significativas nos escores dos testes cognitivos e escalas funcionais entre os grupos classificados segundo a gravidade de demência. CONCLUSÃO: Sintomas neuropsiquiátricos são muito comuns, mais freqüentes em casos graves, e estes sintomas estão associados ao comprometimento funcional nos pacientes com demência.

demência; doença de Alzheimer; demência vascular; sintomas neuropsiquiátricos; atividades de vida diária


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org