Transtorno de ansiedade em amostra de pacientes com déficit de atenção e hiperatividade

Isabella Souza Maria Antônia Pinheiro Paulo Mattos Sobre os autores

OBJETIVO: Avaliar a presença de transtornos de ansiedade numa amostra clínica referida de crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). MÉTODO: 78 crianças com TDAH de acordo com os critérios da DSM-IV foram avaliadas através de entrevista semi-estruturada (P-CHIPS), complementada por consultas clínicas com os pacientes e seus pais, além de avaliação de QI através de exame neuropsicológico. RESULTADOS: Elevada prevalência de transtornos de ansiedade (23,05%) foi encontrada na amostra. O transtorno de ansiedade generalizada foi o mais prevalente (12,8%), seguido pela fobia social (3,84%) e ansiedade de separação (3,8%). Duas crianças apresentavam mais de um transtorno de ansiedade. CONCLUSÃO: Crianças e adolescentes com TDAH de amostras clínicas referidas para serviços especializados parecem apresentar mais transtornos de ansiedade comórbidos.

TDAH; transtorno do déficit de atenção com hiperatividade; ansiedade; comorbidade


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org