Cintilografia dos espaços liquoricos com soroalbumina radioiodada (SARI)

The scintilography of the CSF-spaces by means of RIHSA

Scientigraphie der Liquorräume mit radioaktiver menschlicher Serumalbumin (SARI)

Os espaços liquóricos foram estudados com SARI (soroalbumina radioiodada) em 25 pacientes. Para cada um foram realizados 3 mapeamentos num total de 75. Esses mapeamentos foram feitos 2, 6 e 24 horas após a injeção da SARI. Esta foi injetada no ventrículo lateral em 5 pacientes nos quais havia necessidade de estudar o sistema ventricular; na cisterna magna em 2, para estudo do espaço subaracnóideo intracraniano e intra-raqueano; nos outros 18 foi injetada por via lombar com a finalidade de estudar todo o canal raqueano. Os resultados obtidos pela cintilografia, comparados com aqueles fornecidos pelos exames neuroradiológicos, mostraram alto índice de positividade, tendo mesmo oferecido melhores informações em alguns deles. Isto se verifica principalmente nas aracnoidites. Nos processos expansivos do canal raqueano pode-se, com apenas uma injeção de SARI localizar o processo e determinar seus limites. Não se observou qualquer complicação grave. Em um caso verificou-se, no LCR, uma pleocitose sem sinais clínicos e em outro, um extravazamento da substância para o espaço peridural através do orifício de punção. Trata-se, pois, de método que oferece boa segurança para o diagnóstico neurológico, não provocando complicações temíveis.


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org