Miopatia nemalínica: achados clínicos, histoquímicos e imuno-histoquímicos

Nazah Cherif Mohamad Youssef Rosana Herminia Scola Paulo José Lorenzoni Lineu César Werneck Sobre os autores

Miopatia nemalínica (NM) é uma doença congênita que leva a hipotonia e dificuldade de sugar em neonatos. Alguns casos possuem uma evolução benigna, com deformidades ósseas tardias. Nós analisamos uma série de oito pacientes com NM obtidos da análise retrospectiva de 4300 biópsias musculares. Os pacientes foram classificados como forma típica em cinco casos, forma intermediária em dois casos e forma severa em um caso. Análise histoquímica mostrou distribuição mista dos rods em todos os casos e predominância de fibras tipo I em cinco casos. Análise imuno-histoquímica mostrou expressão anormal da nebulina em todos os pacientes (quatro heterogênea e quatro ausente), expressão homogenea da desmina em quatro casos, fortemente positiva em tres e ausente em um, expressão da miosina (rápida) com padrão em mosaico em seis casos e ausente em dois casos. Não há relação específica entre a expressão destas proteínas e as formas clínicas da NM.

miopatia nemalínica; nebulina; desmina; miosina; imuno-histoquímica


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org
Accessibility / Report Error