Lesões cerebrais traumaticas em recém nascidos

Nícollas Nunes Rabelo Hamilton Matushita Daniel Dante Cardeal Sobre os autores

RESUMO

O período neonatal é um período vulnerável para o recém nascido. As altas taxas de morbidade e mortalidade neonatal atestam a fragilidade da vida durante esta fase. Trauma durante o nascimento é de 0,8%, variando de 0,2 a 2 por 1000 nascimentos. O objetivo deste estudo é descrever o tocotraumatismo, seu mecanismo, considerações anatômicas e fisiopatologia da lesão em recém nascido.

Métodos

Revisão da literatura utilizando base de dados PubMed, MEDLINE, EMBASE, Science Direct, The Cochrane Detabase, Google Scolar, ensaios clínicos. Os trabalhos selecionados foram de 1922 a 2016. Foram selecionados 109 trabalhos, através de palavras-chave, inclusão e critérios de exclusão.

Discussão

Este artigo discute os fatores de risco para o trauma do nascimento, a anatomia da apresentação do vértex occipto-anterior e as lesões traumáticas cerebrais.

Conclusão

Lesão cerebral traumática no nascimento pode causar complicações graves nos recém-nascidos. O tratamento desta condição deve ser especializado, envolvendo trabalho, equipe e abordagem individualizado

Recém-nascido; lesão cerebral; nascimento Lesões; pediatria

Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org