Correlação do ASPECTS com a escala Escandinava de AVC para predizer comprometimento neurológico precoce

Gustavo José Luvizutto Maicon Gonçalves Gabriel Gabriel Pereira Braga Thiago Dias Fernandes Luiz Antônio de Lima Resende Octávio Marques Pontes Neto Rodrigo Bazan Sobre os autores

Objetivo

Investigar a relação entre o Alberta Program Early CT Score (ASPECTS) e a Scandinavian Stroke Scale (SSS) para avaliação da incapacidade neurológica de pacientes na fase aguda do acidente vascular cerebral (AVC).

Método

59 pacientes com diagnóstico de primeiro AVC foram avaliados. O ASPECTS foi avaliado por 2 neurologistas na admissão e por outro neurologista após 48 horas. O National Institute of Health Stroke Scale (NIHSS) e SSS foram aplicadas para determinar a gravidade do AVC. As correlação e concordâncias foram analisadas estatisticamente pelos testes de Spearman e Kappa.

Resultados

ASPECTS foi correlacionado com o NIHSS na admissão (r = -0,52; p < 0,001) e SSS (r = 0,50; p < 0,001). O ASPECTS e os itens do SSS que mais se relacionaram foram força do braço (r = 0,52; p < 0,001), da mão (r = 0,49; p < 0,001) e fala (r = 0,51; p < 0,001). A pontuação da SSS de 25,5 mostrou sensibilidade (68%) e especificidade (72%) quando associado ao ASPECTS ≤ 7.

Conclusão

A SSS pode predizer pior incapacidade neurológica quando associado a baixos valores do ASPECTS.

acidente vascular cerebral; neuroimagem; medidas de desfecho funcional; escalas


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org