Variação da temperatura nas 24 horas anteriores aos sintomas iniciais do acidente vascular cerebral

Poucos trabalhos têm estudado a variação sazonal e de temperatura em acidente vascular cerebral (AVC) no Brasil. MÉTODO: Foram analisados 176 registros de pacientes com AVC no Hospital Israelita Albert Einstein entre 2004 e 2006. Foram anotadas as temperaturas ambientes do início dos sintomas, bem como as temperaturas de 6, 12 e 24 horas antes dos sintomas, em 6 diferentes subestações metereológicas mais próximas da casa do paciente em São Paulo. RESULTADOS: Houve aumento da incidência do AVC com a variação de 3ºC entre 6 e 24 horas antes do início dos sintomas. Houve um pico de internação entre 23-24ºC. CONCLUSÃO: A variação de temperatura de 3ºC nas 24 horas que antecederam o início dos sintomas pode ter sido um fator importante na ocorrência do AVC.

acidente vascular cerebral; temperatura; risco cardiovascular; sazonal


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org