Comparação das frações HDL e LDL colesterol como fatores de risco para a aterosclerose carotídea

Comparative study of HDL and LDL cholesterol as risk factors for carotid atherosclerosis

Rubens José Gagliardi Marsal Sanches Zied Rasslan Marilda Lauretti S. Guedes

Estudo prospectivo com o objetivo de verificar qual das frações do colesterol sanguíneo, HDL ou LDL, é mais significativa para o desenvolvimento da aterosclerose das artérias carótidas (AC). Constou de 125 indivíduos de ambos os sexos, com idade entre 45 a 75 anos, incluídos aleatoriamente. Em todos foi procedida a dosagem sanguínea do colesterol total e das frações HDL e LDL e estudo ultrassonográfico (através de ultrassonografia modo B) das AC. Os resultados mostraram que a presença de placa de ateroma, com ou sem estenose nas AC, é inversamente proporcional aos níveis de HDL. Estes achados foram estatisticamente significantes (x2=6,57 e x2=9,24, respectivamente para placa sem estenose e com estenose; x2 crítico = 5,99 para α=5%) . Foi também constatada associação entre a presença de placa aterosclerótica na AC e níveis sangüíneos elevados de LDL: quanto maiores os níveis de LDL, maior a proporção de indivíduos com placas, porém este achado não foi estatisticamente significante (x2=0,97, x2 crítico 5,99 para α =5%). Não foi encontrada nesta casuística relação entre níveis elevados de LDL e presença de estenose nas AC. Estes resultados, ainda que iniciais, sugerem que níveis baixos de HDL são mais aterogênicos para as AC comparativamente a níveis elevados de LDL.

aterosclerose; estenose; colesterol; artéria carótida


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org