Aprimorando a análise do modelo de kindling hipocampal com o auxílio de processamento computacional

O fenômeno de kindling é classicamente utilizado no campo da epileptologia experimental. Este trabalho objetiva aprofundar a análise do modelo kindling hipocampal através de processamento computacional. Ratos wistar adultos receberam eletrodos hipocampais dorsais e neocorticais frontais para a realização do experimento. O processamento dos dados encontrados foi realizado pelos softwares Matlab e Spike2. Encontrou-se uma relação inversa entre wet dog shakes e o desenvolvimento dos estágios motores de Racine. A duração e o conteúdo de freqüência das pós-descargas hipocampais aumentaram durante o processo, sendo observadas descargas de alta freqüência (ripples) em ambos os hipocampos durante as pós-descargas primárias, superimpostas a ondas lentas. As mais altas freqüências, entretanto, foram apenas atingidas com o início das crises epilépticas. A utilização de sistemas computacionais para a confecção e análise do modelo de epilepsia temporal é ressaltada e reforça-se a relevância do papel das altas freqüências na epileptogênese temporal.

kindling hipocampal; epilepsia temporal; modelo animal


Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO R. Vergueiro, 1353 sl.1404 - Ed. Top Towers Offices Torre Norte, 04101-000 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5084-9463 | +55 11 5083-3876 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista.arquivos@abneuro.org