Acta Ortopédica Brasileira, Volume: 12, Issue: 2, Published: 2004
  • Evaluation of a new device for measuring the leg torsion angle Artigos Originais

    Lawand, Sérgio José; Ramalho Júnior, Amâncio; Smith, Ricardo Luiz

    Abstract in Portuguese:

    Variações rotacionais dos membros inferiores no plano transverso são responsáveis por um grande número de doenças que acometem crianças e indivíduos adultos. Nas crianças, podemos citar como exemplo, um quadro comum, a marcha com os "pés para dentro" ("toeing in") e nos indivíduos adultos, a incapacitante artrose degenerativa dos joelhos. Enquanto as alterações ósseas localizadas no plano transverso são difíceis de serem avaliadas, as deformidades presentes nos planos frontal e sagital podem ser avaliadas facilmente através, por exemplo, de simples radiografias. Neste contexto, dentre os métodos disponíveis para o estudo rotacional da perna, não há procedimento clínico ou de imagem que reúna as características de precisão, praticidade e baixo custo. Com o intuito de preencher esta lacuna, os autores apresentam um dispositivo para aferição clínica indireta do ângulo de torção da perna para indivíduos adultos e crianças. Neste artigo, procedeu-se a avaliação e a análise de 40 membros inferiores de cadáveres adultos humanos.

    Abstract in English:

    Variations and deformities of lower limbs involving rotation in the transverse plane are associated with many clinical problems, ranging from harmless in-toing in children to disabling degenerative osteoarthritis of the knee in adult patients. While the bone alterations located in the transverse plane are difficult to be assessed, the frontal and sagittal deformities can be easily assessed , for instance, with the conventional radiographies. In this context, among the most available methods for the leg rotational study, there is not any clinical or image procedure which is more accurate, practical or with low cost. In order to solve this problem, the authors present a new device to indirect clinical standard of the leg torsion angle in adults and children. In this study, 40 lower limbs from human cadavers were assessed and analyzed.
  • The evaluation of the Sodic Risedronate effect in the fractures consolidation: experimental study with rats Artigos Originais

    Oliveira, Luiz Antonio Alcântara de; Guarniero, Roberto; Rodrigues, Consuelo Junqueira; Santana, Paulo José de; Batista, Marco Antonio

    Abstract in Portuguese:

    Realizou-se um estudo experimental com 40 ratos da raça Lewis visando-se avaliar a influência do risedronato sódico na consolidação de fraturas em animais submetidos à dieta aprotéica e dieta protéica, divididos aleatoriamente em quatro grupos, com 10 animais em cada grupo, assim constituídos: grupo I, com dieta protéica, sem risedronato (grupo controle); grupo II, dieta protéica, com risedronato; grupo III, dieta aprotéica, sem risedrionato; grupo IV, dieta aprotéica, com risedronato. Os ratos foram submetidos a fraturas semelhantes, no 15º dia e à eutanásia no 43º dia do experimento. As variáveis analisadas incluíram a evolução ponderal, avaliação radiográfica, densitometria óssea, avaliação histomorfométrica do calo ósseo, dosagens sanguíneas de cálcio, fósforo, fosfatase alcalina, proteínas totais, albumina e osteocalcina. Concluiu-se que o risedronato exerceu influência positiva no processo de consolidação de fraturas em ratos nutridos e desnutridos, e aumentou a densidade mineral óssea. O risedronato ocasionou a formação de tecido ósseo maduro de melhor qualidade e morfologia.

    Abstract in English:

    A experimental study with 40 rats of the Lewis type was done focusing the influence of sodic risedronate on fractures consolidation in the animals. They were submitted to a protein nutrition diet to a non-protein one, divided randomly in four groups, having 10 animals in each group. Like this: group 1, with a protein nutrition diet, without risedronate (control group); group II, protein nutrition diet t with risedronate , group III, non-protein diet, without risedronate; group IV, non-protein diet with risedronate. The rats were submitted to similar fractures, on the 15º day and to the euthanasia on the 43º of the experiment. The variability analyzed included the ponderous evaluation, radiographic evaluation, the bone densitometry, histomorphometric bone callus evaluation, blood dosage of calcium, phosphorus, alkaline phosphatase, total proteins, albumin and osteocalcin. It was found out the risedronate had positive influence on the fractures consolidation process in nourished rats and malnourished rats and the mineral bone density increased. The risedronate caused the formation of the best nutrition and morphology of the ripen bone tissue.
  • Surgical treatment of foraminal disc herniations by arthroscopic microdiscectomy Artigos Originais

    Machado Filho, Pedro Vilela; Chueire, Alceu Gomes

    Abstract in Portuguese:

    A hérnia discal lombar foraminal é extremamente incapacitante em relação à sintomatologia clínica. Nos últimos quarenta anos muitas alternativas foram propostas no tratamento dessa patologia. Vinte pacientes com essa síndrome radicular foram operados, via póstero-lateral, pela técnica da microdiscectomia artroscópica. O acompanhamento foi realizado com questionários de auto-avaliação pré-operatória e pós-operatória sendo obedecidos rigorosamente os critérios de inclusão e exclusão para a indicação cirúrgica. A idade média dos pacientes foi de 43 anos, com variação de 23 a 58 anos. Houve predomínio do sexo feminino (13 pacientes e freqüência percentual de 65%) em relação ao masculino (7 pacientes e freqüência percentual de 35%). Todos os pacientes foram operados de hérnia discal lombar foraminal no nível entre as 4ª e 5ª vértebras lombares. Os resultados clínicos apresentaram um percentual de 75% de sucesso. Não ocorreram nesse estudo complicações, tais como: lesão nervosa motora, vascular ou discite bacteriana.

    Abstract in English:

    Foraminal lumbar disc herniations are extremely handicapping in relation to clinical symptoms and over the last forty years many alternatives have been put forward for treatment. Twenty patients with this radicular syndrome were operated by posterolateral access using arthroscopic microdiscectomy. Success was evaluated using pre-operative and post-operative self-evaluation questionnaires. Inclusion and exclusion criteria for surgery were rigorously followed. The mean age of the patients was 43 years old, varying between 23 and 58 years old. The group consisted of 13 women (65%) and 7 men (35%). All patients underwent operations for foraminal lumbar disc herniations between the 4th and 5th lumbar vertebrae. The success rate was 75% of the cases. No motor nerve or vascular lesions or bacterial discitis were evidenced.
  • Laboratorial analysis of the myelomeningocele gait of lower lumbar level and unilateral hip instability Artigos Originais

    Gabrieli, Ana Paula T.; Vankoski, Steve; Dias, Luciano S.; Milani, Carlo; Lourenço, Alexandre; Laredo Filho, José

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo examina a influência da instabilidade unilateral do quadril sobre a marcha de pacientes portadores de mielomeningocele, nível lombar baixo e instabilidade unilateral do quadril. Foram estudados através da análise laboratorial de marcha, 20 pacientes deambuladores comunitários utilizando goteiras e muletas, com luxação ou subluxação unilateral do quadril. , Os pacientes foram sub divididos em dois grupos. Grupo 1 (10 pacientes) , que não apresentavam contraturas do quadril (flexão e/ou adução) ou as apresentavam de forma simétrica entre os lados; e Grupo 2 (10 pacientes), que apresentavam contraturas assimétricas de quadril A cinemática do quadril e da pelve foi analisada no sentido de se avaliar a simetria entre o lado envolvido e o oposto. Sete pacientes do Grupo 1 e 2 do Grupo 2 apresentaram marcha simétrica. Marcha assimétrica foi encontrada em 3 pacientes do Grupo 1 e 7 pacientes do Grupo 2. A assimetria na marcha relacionou-se principalmente com a presença de contraturas de quadril unilaterais ou bilaterais mas assimétricas. Demonstrou-se que a assimetria da marcha não pode ser atribuída somente à instabilidade do quadril, mas parece estar mais relacionada com presença de contraturas unilaterais ou assimétricas e cujo tratamento deveria ser o objetivo em detrimento de reduções cirúrgicas do quadril.

    Abstract in English:

    This study examines the influence of unilateral hip dislocation or subluxation in the gait of 20 low-lumbar myelomeningocele patients, community ambulators with AFOs and crutches, utilizing gait analysis. The patients were divided in two groups, Group 1 - 10 patients: complete absence or presence of symmetrical hip contractures (flexion and/or adduction) and Group 2 -10 patients : presence of unilateral or asymmetrical hip contractures. Pelvic and hip kinematics were analyzed to assess the symmetry of them, between the involved and the non-involved side. Gait was considered symmetrical in 7 studies in Group 1 and in 2 studies in Group 2. Assymmetrical gait was found in 3 studies of Group 1 and in 8 studies in Group 2. Gait symmetry was correlated with the absence of hip contractures or bilateral symmetrical hip contractures (Group 1). The asymmetrical pattern was related mainly to the presence of unilateral or unequal hip contractures. This study shows that gait assymetry can not be attributed only to the hip instability but seems to be more related to unequal hip contractures, thus gait symmetry could probably be achieved with the correction of the contractures involved, either by soft tissue or bone procedures.
  • Functional analysis of the patellar stabilizers Artigos Originais

    Bevilaqua Grossi, Débora; Pedro, Vanessa Monteiro; Bérzin, Fausto

    Abstract in Portuguese:

    O músculo vasto medial obliquo (VMO) desempenha importante papel na estabilização medial da patela. No entanto, o padrão de recrutamento dos componentes laterais, o músculo vasto lateral longo (VLL) e vasto lateral obliquo (VLO) não está estabelecido. O objetivo deste trabalho foi analisar a atividade eletromiográfica dos músculos VMO, VLL e VLO de 21 indivíduos saudáveis (X=23,3 e DP=2,9), sendo 10 mulheres e 11 homens, sem história clínica de dor ou lesão osteomioarticular. Para tanto foi utilizado um eletromiógrafo NICOLET VIKING II de 8 canais (NICOLET Biomedical Instruments) e eletrodos bipolares de superfície para registrar a atividade elétrica dos músculos VMO, VLL e VLO durante a realização de exercícios isométricos de extensão do joelho a 15º e 90º de flexão. Os dados eletromiográficos foram normalizados pela contração isométrica voluntária máxima de extensão do joelho a 50º de flexão e revelaram que os músculos VLL e VLO apresentam diferença significativa no padrão de recrutamento podendo ser considerados fisiologicamente distintos. O músculo VMO desempenhou juntamente com o VLO um papel recíproco e sincrônico na estabilização patelar e apresentou maior ativação em relação ao músculo VLL nos exercícios isométricos de extensão do joelho a 90º.

    Abstract in English:

    The vastus medialis obliquus muscle (VMO) performs an important role in the medial patellar stability . However , the recruitment of the lateral components, the vastus lateralis longus (VLL) and vastus laterallis oblique (VLO) is not established. The main purpose of this work was to investigate the electromyographic (EMG) activity of the VMO, VLL and VLO muscles of twenty one health volunteers (X= 23,3 ± DP 2,9), 10 female and eleven males, without clinical pain symptoms or osteomioarticular injuries EMG NICOLET VIKING II was used with eight channels (NICOLET Biomedical Instruments, and bipolar electrodes surface in order to record the electrical activity of VMO, VLL and VLO muscles during a isometric knee extension at 15º and 90º. The EMG data were normalized by maximum voluntary contraction (MIVC) of the knee flexion at 50º has shown that the VLL and VLO muscles demonstrated significant difference in recruitment pattern and they can be considered physiologically distinct. The VMO and VLO muscles performed synchronic and reciprocal role in the patellar stability and the VMO muscle performed higher activity compared with the VLL muscle in isometric knee extension at 90º.
  • Biomechanical evaluation of intra articular calcaneal fracture and clinical radiographic correlation Artigos Originais

    Contreras, Marcos Emilio Kuschnaroff; Muniz, Adriane Mara de Souza; Souza, Juliana Barcellos de; Avila, Aluisio Otavio Vargas; Borges Junior, Noé Gomes; Barbosa, Diogo Rath Fingerl; Kroth, Luciano Manoel Martins; Reis Filho, Marcos dos

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo teve o objetivo de oferecer uma avaliação clínica, radiográfica e biomecânica de pacientes com fratura intraarticular de calcâneo, submetidos à redução aberta e fixação interna. A amostra consistiu em 22 pacientes, 20 do sexo masculino e dois do sexo feminino, com idade média de 40,95 (± 11,63) anos. Os autores realizaram avaliações radiográficas do ângulo de Böhler e Gissane, no pré e no pós-operatório, além de utilizarem a tomografia computadorizada para avaliação da classificação de Sanders. A avaliação da Distribuição da Pressão Plantar foi realizada pelo sistema F-scan. Os resultados clínicos encontrados foram satisfatórios apresentando, pontuação média de 75,5 no critério da AOFAS.. A redução cirúrgica resultou em uma melhora dos ângulos de Böhler e Gissane. O estudo mostrou diferenças estatisticamente significantes entre o antepé o retropé fraturados no que tange sobre a área de contato, pressão e força de reação do solo. Os valores encontrados para estes parâmetros foram maiores no retropé que no antepé fraturados. A trajetória de Pressão (COP) foi menor no pé fraturado que no pé normal. Encontrou-se correlação entre o Ângulo de Gissane após a redução e o Segundo Pico de Força, indicando que quanto melhor a redução deste ângulo , melhor a impulsão. Também encontrou-se a correlação entre a pontuação AOFAS e o Primeiro Pico de Força, mostrando que quanto melhor o resultado clínico melhor o apoio do retropé.

    Abstract in English:

    The present study had an objective to perfom a clinical, radiographic and biomechanical evaluation in patients with calcaneal fractures submitted to open reduction with internal fixation. The sample consisted of 22 patients - 20 male and 2 female with an average age of 40,95 (±11,63) years old. The authors have done radiographic evaluation of the pre and post operatory of Böchler and Gissane angles; furthermore, they used a CT scanning for Sander's classification of calcaneal fractures. The plantar pressure distribution was analyzed with F-scanning system. The results of the intra-articular calcaneal fractures were clinically satisfactory, showed average punctuation with 75,5 in AOFAS criterion. The surgical reduction in a better angle of Böchler and Gissane. The study showed statistical differences between the forefoot and rearfoot concerning the the contact area, average preassure and strength in the injured foot. The figures found to this parameter were bigger in the rearfoot than the forefoot. The trajectory of pressure (COP) was shorter in the fractured foot than in the normal foot. The correlation between the angle of Gissane after the reduction and the second peak of force was found, showing as better as the reduction of this angle, the better is the impulsion. It was also found the correlation between the punctuation between AOFAS and the first peak of force, showing as better is the clinical result the better is the foot supporter.
  • Osteosynthesis of the humeral shaft fractures, with bridge plate Artigos Originais

    Livani, Bruno; Belangero, William Dias

    Abstract in Portuguese:

    Os autores descrevem o método cirúrgico inédito para o tratamento das fraturas da diáfise do úmero, com placa colocada por técnica minimamente invasiva. Após estudos anatômicos, foram identificadas três acessos cirúrgicos pelos quais se pode introduzir uma placa na face anterior do úmero, sem risco de lesão vásculo nervosa. O acesso proximal se faz entre os múculos deltóide, lateralmente, e bíceps braquial, medialmente. Nas fraturas do terço médio o acesso distal é feito entre os músculos bíceps braquial e braquial com a placa introduzida de proximal para distal. Nas fraturas distais do úmero o acesso proximal é o mesmo, mas o acesso distal é o descrito por Kocher, com a placa introduzida de distal para proximal e fixada na face anterior da coluna lateral do úmero. O método aqui apresentado vem sendo utilizado desde junho de 2001, principalmente nos pacientes politraumatizados e polifraturados, por ser rápida, segura e por permitir que o paciente possa ser operado em decúbito dorsal horizontal. Além disso, não há necessidade de intensificador de imagem, ou mesmo aparelho de radiografia. Até o momento não foram observadas complicações vásculo nervosas nos 22 pacientes tratados.

    Abstract in English:

    The authors describe for the first time ever a minimally invasive plate osteosythesis for the treatment of the humeral shatf fractures. After anatomic human cadaver's studies, it was identified three surgical approaches for plate percutaneous insertion on the anterior surface of the humerus without vascular and nervous injury. The proximal approach is between the biceps and deltoid muscles. The distal approach for medial third fractures is between the biceps brachialis and brachialis muscles. The plate is inserted from the proximal to distal direction. For distal fractures, the proximal approach is the same described by Krocher, with the plate inserted from distal to proximal and fixed on the anterior surface of the lateral column of the humerus. This method has been used since June/2001 mainly for the treatment of multiple trauma patients, allowing other surgical procedures, and it has been showed very efficient. The patient is operated in DHD without image intensifier or x ray apparatus. Until the moment, 22 patients have been treated without vascular or nervous complications.
  • Anatomical studies of the distal insertion of the extensor pollicis longus Artigos Originais

    Caetano, Maurício Benedito Ferreira; Albertoni, Walter Manna; Caetano, Edie Benedito

    Abstract in Portuguese:

    Registramos pelo presente estudo que o músculo (ELP) e seu tendão apresentaram poucas variações anatômicas. Não registramos a presença de tendões acessórios e nem a ausência desse músculo ou de seu tendão. Verificamos em todas as preparações a passagem do tendão pelo terceiro compartimento osteofibroso, cruzando sobre os extensor radial curto (ERCC) e longo (ERLC) do carpo e dirigindo-se ao polegar. A alteração no trajeto tendinoso, desviando-se no sentido radial foi verificada em uma das preparações (1,6%). A duplicação parcial do tendão proximal a articulação metacarpofalângica (AMFP) foi verificada em 3 observações (4,8%), sendo 1 bilateral, e distal à articulação em 5 (8,3%), 2 bilateralmente. A inserção óssea na base da falange distal (BFD) foi encontrada em todas as observações. Durante sua passagem pela articulação metacarpofalângica, registramos sua inserção na cápsula articular em 14 observações (23,3%), porém não registramos a inserção óssea nesse local. O padrão mais comum em relação ao músculo ELP foi a presença constante de 1 tendão, passando pelo terceiro compartimento osteofibroso dorsal do punho com inserção óssea na base da falange distal do polegar.

    Abstract in English:

    We recorded with this study that the EPL muscle and its tendon show a few anatomical variations. Any accessories tendons either the absence of this muscle or its tendon was found. In all preparation the passage of the tendon through the third osteofibroses compartment, crossing on the ERBC and ERLC going to the thumb was seen. The change of the tendinuous trajectory, deviating itself to the radial direction in one of the preparations was checked (1,6%). The partial duplication of the proximal tendon to the metacarpophalangeal joint (AMP) was seen in three observations (4,8%), one bilateral and distal to the articulation in five (8,3%), 2 bilaterally. The bone insertion at the base of distal (BFD) phalanx in all observations were found. During its passage through metacarpophalangeal joint we recorded its insertion in the joint capsule in 14 observations (23,3%), however the bone insertion there was not observed in this place.. The most common pattern about this (EPL) extensor pollicis longus muscle was the presence of a tendon, passing through the osteofibroses dorsal of wrist compartment with a bone insertion at the base of distal pollicis phalanx.
ATHA EDITORA Rua: Machado Bittencourt, 190, 4º andar - Vila Mariana - São Paulo Capital - CEP 04044-000, Telefone: 55-11-5087-9502 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: actaortopedicabrasileira@uol.com.br