Influência recíproca entre atividade profissional e vida familiar: percepção de pais/mães

Influencia recíproca entre actividad profesional y vida familiar: percepción de padres/madres

OBJETIVO: Mensurar a influência, tanto da vida familiar na atividade profissional como da atividade profissional na vida familiar. MÉTODOS: Estudo exploratório descritivo de abordagem quantitativa, que utilizou um questionário com duas versões - feminina e masculina - aplicado em amostra de 92 casais com filhos de idade até seis anos, residentes na cidade do Rio Grande - RS. RESULTADOS: Constatou-se que o cansaço físico e mental relacionado ao trabalho, influenciou nas tarefas familiares, causando desânimo e irritabilidade. Os homens apresentaram maior preocupação com o pouco tempo disponível em família em razão da profissão. Visualizou-se como muito influente o apoio familiar, tornando o diálogo contribuinte na resolução dos problemas profissionais e na criação de um ambiente propício ao enfrentamento dos desafios impostos pelo trabalho. Os pais consideraram que a vida familiar não prejudica sua atividade profissional, mas referiram influência do pensamento familiar no trabalho. CONCLUSÃO: Poucas influências foram identificadas que prejudicam a conciliação entre vida familiar e atividade profissional, o que, no geral, contrariou demais estudos encontrados na literatura.

Relações familiares; Trabalho; Pré-escolar


Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo R. Napoleão de Barros, 754, 04024-002 São Paulo - SP/Brasil, Tel./Fax: (55 11) 5576 4430 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: actapaulista@unifesp.br