Cuidado humanizado: um desafio para enfermeiras nos serviços hospitalares

Margarita Poblete Troncoso Sandra Valenzuela Suazo Sobre os autores

O presente artigo é uma análise crítica da influencia institucional do trabalho das enfermeiras nos serviços publico de saúde na América Latina e como este afeta a visão humanista do cuidado. Um importante fator é que os sistemas institucionais, onde as enfermeiras realizam seu trabalho, estão impregnados pelo modelo biomédico, que conduziu a uma sobrecarga de trabalho acompanhada pela perda da sua autonomia profissional. Entretanto, os usuários valorizam mais os aspectos do cuidado relacionados com a forma de comunicação, afeto e a assistência que lhes é prestada dentro das instituições hospitalares. É de suma importância então, que as enfermeiras outorguem cuidados centralizados nos usuários e que os cuidados humanizados se integrem na pratica, para melhorar a qualidade da assistência nos serviços de saúde.

Humanização da assistência; Hospitais; Cuidados de enfermagem


Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo R. Napoleão de Barros, 754, 04024-002 São Paulo - SP/Brasil, Tel./Fax: (55 11) 5576 4430 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: actapaulista@unifesp.br