Accessibility / Report Error

Profissionais de enfermagem frente ao processo de morte em unidades deterapia intensiva

Profesionales de enfermería frente al proceso de muerte de pacientes de unidades de cuidados intensivos

Nursing team members' reaction to dying patients and their family in a intensive care unit

OBJETIVOS: Identificar e analisar os sentimentos e as percepções dos profissionais de enfermagem de Unidades de Terapia Intensiva, no enfrentamento do processo de morrer e propor intervenções que potencializem esse enfrentamento na assistência prestada ao paciente/familiares. MÉTODOS: A pesquisa foi qualitativa e os dados foram analisados segundo a análise temática, estruturada com base na psicodinâmica do trabalho. RESULTADOS: Os resultados mostraram a necessidade de se implantar encontros sistematizados, nos quais esses profissionais tenham a oportunidade de expor suas satisfações, angústias e medos durante esse processo. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Inexistem fórmulasque propiciem o enfrentamento da morte, mas o mesmo pode ser facilitado, desde que a morte seja encarada como um desfecho natural do processo vital.

Morte; Atitude frente a morte; Adaptação psicológica; Unidades de terapia intensiva; Equipe de enfermagem


Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo R. Napoleão de Barros, 754, 04024-002 São Paulo - SP/Brasil, Tel./Fax: (55 11) 5576 4430 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: actapaulista@unifesp.br