Parametrização heterótica para características de importância econômica em milho pipoca

Seis variedades de milho pipoca foram cruzadas em esquema dialélico para obtenção de 15 híbridos F1, visando à análise das estimativas da parametrização heterótica para características de interesse agronômico. Os genitores e os híbridos foram avaliados em delineamento em blocos ao acaso, com três repetições, em Viçosa e Visconde do Rio Branco, Estado de Minas Gerais, Brasil, em três épocas de plantio. Foram avaliadas seis características, incluindo rendimento de grãos e capacidade de expansão. Houve efeitos altamente significativos para tratamentos, variedades e heterose média para altura de plantas e de espigas, enquanto as demais características expressaram efeitos significativos para todas as fontes de variação. Amarela e Viçosa revelaram-se superiores para rendimento de grãos quanto ao comportamento per se, enquanto Rosa Claro expressou o maior efeito de heterose varietal. As melhores combinações para rendimento de grãos foram Roxa x Viçosa, Amarela x Rosa Claro, Rosa Claro x Beija-Flor e Branca x Beija-Flor. Para capacidade de expansão houve valores positivos e negativos para efeitos de heterose específica em todos os ambientes avaliados, ratificando a influência da dominância bidirecional na expressão da característica. Ganhos simultâneos para rendimento de grãos e capacidade de expansão poderão ser obtidos com a utilização de Viçosa em programas intrapopulacionais, enquanto Amarela e Rosa Claro são recomendadas para seleção recorrente recíproca.

dialelo; heterose; capacidade de expansão; dominância bidirecional; Zea mays L


Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br