Perdas térmicas em secador de café

Thermal losses in coffee dryer

Resumos

Este trabalho teve como objetivo avaliar a redução da temperatura nas partes externas de um secador de camada fixa para café, mediante diferentes combinações de tempo de revolvimento, utilizando-se termômetro sem contato. O experimento foi desenvolvido no mês de junho de 2004 em uma propriedade localizada em Jesuítas, Estado do Paraná. Foi utilizado café (Coffea arabica L.), variedade IAC 81. O secador utilizado foi o modelo de camada fixa, com câmara de secagem metálica, de formato cilíndrico, com um sistema de revolvimento de grãos adaptado. Observou-se que houve, em média, uma redução térmica de 156,7ºC (79,1%) no sistema que vai da fornalha até a câmara de secagem. A combinação que proporcionou menor redução da temperatura foi a com ventilação contínua e revolvimento de 40 min. a cada 3h até o fim do processo. A combinação que proporcionou maior redução de temperatura foi a com revolvimento contínuo, com redução de 81,09% na temperatura superficial do produto.

perda de temperatura; secagem; café; camada fixa


This study aimed to evaluate the temperature reduction in the external parts of a fixed-bed coffee dryer, by means of different combinations of revolving times, using a noncontact thermometer. The experiment was developed in the month of June 2004 at a farm located in Jesuítas, Paraná State, Brazil. Coffee (Coffea arabica L.) variety IAPAR 59 was used. The dryer used was of the fixed-bed model, with metallic drying chamber, with cylindrical format, with an adapted grain revolving system. It was observed that there was a thermal reduction of 156.7ºC (79.1%) in the system going from the furnace to the drying chamber. The combination that provided smaller reduction of temperature was with continuous ventilation and 40 minutes revolving interval at every 3 hours until the end of the process. The combination that provided the greatest reduction in temperature was with continuous revolving, with a reduction of 81.09% in the surface temperature of the product.

loss of temperature; drying; coffee; fixed bed


ENGENHARIA RURAL

Perdas térmicas em secador de café

Thermal losses in coffee dryer

Marcelo GrecoI,* * Autor para correspondência. E-mail: greco.b@ibest.com.br License information: This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited. ; Alessandro Torres CamposII; Elcio Silvério KlosowskiIII

IPrograma de Pós-graduação em Agronomia, Grupo de Pesquisa em Ambiência, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, R. Pernambuco, 1777, 85960-000, Marechal Cândido Rondon, Paraná, Brasil

IICentro de Ciências Agrárias, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, Minas Gerais, Brasil

IIICentro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, Paraná, Brasil

RESUMO

Este trabalho teve como objetivo avaliar a redução da temperatura nas partes externas de um secador de camada fixa para café, mediante diferentes combinações de tempo de revolvimento, utilizando-se termômetro sem contato. O experimento foi desenvolvido no mês de junho de 2004 em uma propriedade localizada em Jesuítas, Estado do Paraná. Foi utilizado café (Coffea arabica L.), variedade IAC 81. O secador utilizado foi o modelo de camada fixa, com câmara de secagem metálica, de formato cilíndrico, com um sistema de revolvimento de grãos adaptado. Observou-se que houve, em média, uma redução térmica de 156,7ºC (79,1%) no sistema que vai da fornalha até a câmara de secagem. A combinação que proporcionou menor redução da temperatura foi a com ventilação contínua e revolvimento de 40 min. a cada 3h até o fim do processo. A combinação que proporcionou maior redução de temperatura foi a com revolvimento contínuo, com redução de 81,09% na temperatura superficial do produto.

Palavras-chave: perda de temperatura, secagem, café, camada fixa.

ABSTRACT

This study aimed to evaluate the temperature reduction in the external parts of a fixed-bed coffee dryer, by means of different combinations of revolving times, using a noncontact thermometer. The experiment was developed in the month of June 2004 at a farm located in Jesuítas, Paraná State, Brazil. Coffee (Coffea arabica L.) variety IAPAR 59 was used. The dryer used was of the fixed-bed model, with metallic drying chamber, with cylindrical format, with an adapted grain revolving system. It was observed that there was a thermal reduction of 156.7ºC (79.1%) in the system going from the furnace to the drying chamber. The combination that provided smaller reduction of temperature was with continuous ventilation and 40 minutes revolving interval at every 3 hours until the end of the process. The combination that provided the greatest reduction in temperature was with continuous revolving, with a reduction of 81.09% in the surface temperature of the product.

Key words: loss of temperature, drying, coffee, fixed bed.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Received on May 30, 2008.

Accepted on September 9, 2008.

  • BARTHOLO, G. F.; GUIMARÃES, P. T. G. Cuidados na colheita e preparo do café. Informe Agropecuário, v. 18, n. 187, p. 33-42, 1997.
  • BORÉM, F. M.; RIBEIRO, R. C. M. S.; CORRÊIA, P. C.; PEREIRA, R. G. F. A. Propriedades térmicas de cinco variedades de café cereja descascado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 6, n. 3, p. 475-480, 2002.
  • BRASIL. Ministério da Agricultura e Reforma Agrária. Regras para análise de sementes Brasília, 1992.
  • CORREA, P. C. Simulação de secagem de café em camada espessa. Viçosa: UFV, 1982.
  • DALPASQUALE, V. A.; PEREIRA, J. A. M.; SINICIO, R.; OLIVEIRA FILHO, D. Secado de granos a altas temperaturas Santiago: Oficina Regional de la FAO para America Latina y el Caribe, 1991.
  • DIOS, C. A. Secado de granos y secadoras Santiago: Oficina regional para a América Latina y el Caribe, 1996. (Série Tecnologia postcosecha, 11).
  • IBC-Instituto Brasileiro do Café. Cultura de café no Brasil: manual de recomendações. 5. ed. Rio de Janeiro: IBC, 1985.
  • INCROPERA, F. P.; DE WITT, D. P. Fundamentals of heat and mass transfer New York: John Wiley and Sons, 1996.
  • MALAVOLTA, E. Nutrição mineral e adubação do cafeeiro: colheitas econômicas máximas. São Paulo: Agronômica Ceres, 1993.
  • NELLIST, M. E.; BRUCE, D. M. Heated-air grain drying. In: JAYAS, D. S.; WHITE, N. D. G.; MUIR, W. E. (Ed.). Stored-grain ecosystems New York: Marcel Dekker, 1995. p. 609-659.
  • SOARES, A. G. O.; SILVA, J. S.; DALPASQUALE, V. A.; OLIVEIRA, J. L. Secagem de café em secadores de fluxo concorrente. Informe Agropecuário, v. 9, n. 99, p. 18-24, 1983.
  • VIEIRA, G.; VILELA, E. R. Secagem intermitente de café (Coffea arabica L.) em secador experimental de camada fixa. Ciência e Prática, v. 19, n. 3, p. 289-296, 1995.

  • *
    Autor para correspondência. E-mail:
    License information: This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    28 Jun 2013
  • Data do Fascículo
    Jun 2010

Histórico

  • Recebido
    30 Maio 2008
  • Aceito
    09 Set 2008
Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br