Sistemas de cultivo em calhas x vasos com recirculação do lixiviado e níveis de desfolha para minitomates

Lais Perin Roberta Marins Nogueira Peil Daniela Höhn Douglas Schulz Bergmann da Rosa Albertina Radtke Wieth Paulo Roberto Grolli Sobre os autores

RESUMO.

O emprego de casca de arroz in natura como substrato permite empregar sistemas de cultivo que promovam a reutilização do lixiviado em ciclos longos de produção, sendo importante estudar o manejo fitotécnico da cultura nesta condição. Os minitomates apresentam demanda de fotoassimilados relativamente pequena. Assim, a desfolha parcial do simpódio poderia beneficiar a cultura sem prejuízos à produção e qualidade dos frutos. O objetivo do trabalho foi avaliar o crescimento, o comportamento produtivo e a qualidade de frutos de minitomateiro Cereja Híbrido Wanda e Grape Híbrido Dolcetto em dois sistemas fechados de cultivo (vasos e calhas), empregando casca de arroz in natura como substrato, sob três condições de desfolha (sem desfolha, retirada de uma e duas folhas do simpódio). A cultivar Cereja apresentou maior crescimento da planta, produção e tamanho médio de frutos. A cultivar Grape apresentou frutos com maior concentração de açúcares. Para cultivar Grape, a retirada de uma folha do simpódio não afetou as respostas produtivas. Entretanto, para cultivar Cereja é necessária a manutenção do simpódio completo. O sistema de cultivo em calhas melhora o crescimento e eleva as respostas produtivas, enquanto que o sistema de vasos aumenta a concentração de açúcares dos frutos.

Palavras-chave:
cereja; grape; crescimento; Solanum lycopersicum; casca de arroz; substrato

Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br