Decomposição e liberação de nutrientes das palhadas de milheto e milheto + crotalária no plantio direto do feijoeiro

Decomposition and nutrient release of pearl millet and pearl millet plus Crotalaria juncea straws on bean no-till

O objetivo foi avaliar a produção de fitomassa, o acúmulo e liberação de macronutrientes, e a decomposição das palhadas de milheto (Pennisetum typhoides (Burm.) Stapf) solteiro e consorciado com crotalária (Crotalaria juncea), sob a cultura do feijoeiro. O delineamento foi o de blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema de parcelas subdivididas. As parcelas foram constituídas pelas duas palhadas; as subparcelas, pelas épocas de avaliação, ao longo do cultivo do feijoeiro (0, 8, 16, 24, 40, 56 e 72 dias após a semeadura). Os resíduos coletados foram secos em estufa de circulação forçada de ar, a 65ºC, até atingirem massa constante, para a determinação da matéria seca remanescente. Posteriormente, foram moídos e encaminhados para laboratório, para a determinação dos teores de macronutrientes. Com base nos teores e na matéria seca remanescente, foram calculadas as quantidades remanescentes dos macronutrientes, expressas em porcentagem do valor inicial. Os valores foram ajustados a modelos não-lineares, escolhendo-se os modelos com melhor ajuste em cada situação. O consórcio entre milheto e crotalária produziu maior quantidade de fitomassa seca, acumulando e liberando maior quantidade de todos os macronutrientes, à exceção do enxofre. A palhada de milheto apresentou maior velocidade de liberação de nitrogênio.

nutrient cycling; litter bags; decomposition; non-linear models; grass x leguminous intercropping


Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br