Método para avaliação de aplicação de fertilizantes em taxa variável em café

O objetivo foi desenvolver um procedimento para avaliar a resposta da produtividade de café (Coffea arabica L.), a partir da aplicação de fósforo e potássio. O trabalho foi conduzido durante o ciclo produtivo do ano de 2004 em um talhão de 6,4 ha localizado na região central do Estado de São Paulo. Foram aplicados dois tratamentos em linhas alternadas de plantas com doses fixas e variadas, um seguindo procedimentos e recomendações locais e o outro com base na amostragem de solo em grade. Para a aplicação dos fertilizantes, foi utilizado o protótipo de uma adubadora com duas esteiras independentes, uma para cada linha de plantas. A colheita foi executada com uma colhedora comercial equipada com monitor de produtividade volumétrico. Os dados foram analisados utilizando-se a geoestatística, correlações e regressões. O método mostrou-se efetivo e de fácil execução. A área que recebeu fertilizantes aplicados em doses variadas apresentou produtividade 34% maior se comparada com a área que recebeu adubação em taxa fixa. A aplicação em taxa variada resultou em economia de 23% de fósforo e aumento de 13% no consumo de potássio quando comparada com a aplicação dos fertilizantes em taxa fixa. A produtividade de café em 2005, no ciclo seguinte ao experimento, ainda apresentou efeitos residuais dos tratamentos aplicados no ciclo anterior.

agricultura de precisão; mapa de produtividade; fertilidade do solo


Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br