Atributos químicos e físicos de um Latossolo sendo influenciados pelo manejo do solo e efeito da gessagem

Latossol chemical and physical attributes affected by tillage system and gypsum effect

Resumos

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da gessagem, em função de dois sistemas de manejo de solo sobre alguns atributos químicos e físicos de um Latossolo Vermelho distroférrico. Os tratamentos consistiam em ausência e adição de 2000 kg ha-1 de gesso agrícola, submetidos a dois sistemas de cultivo (plantio direto e preparo convencional). A cultura utilizada no experimento foi a soja, que teve como cultura antecessora o trigo. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, arranjado em esquema de parcelas subsubdivididas, com quatro repetições. Os atributos químicos analisados foram: pH em CaCl2, P, Al+3, Ca+2, Mg+2, K+, H++Al+3, saturação por alumínio, saturação e soma de bases e capacidade de troca de cátions. Dentre os atributos físicos, analisaram-se: densidades de partículas e do solo e a porosidade total. A interação entre manejo do solo e gessagem foi significativa para a densidade e a porosidade total do solo, com aumento da densidade e diminuição da porosidade no solo sob plantio direto em função do gesso. O sistema de manejo e o efeito da gessagem não induziram diferenças significativas nos atributos químicos do solo, exceto no teor de fósforo, que foi maior no plantio direto.

Glycine max; manejo do solo; gessagem


The objective of this work was to evaluate the gypsum residual effect and two tillage systems as for their chemical and physical attributes in a red dystroferric Latossol (Hapludox). The experiment was carried out in 2004/2005 on the experimental field of the Federal University of Mato Grosso do Sul - UFMS, in Dourados, State of Mato Grosso do Sul. The experimental design was in randomized blocks in sub-subdivided plots with four replications. Main plots consisted of two tillage system (no tillage and conventional tillage). The subdivided plots were gypsum doses (0 and 2000 kg ha-1) and sub-subdivided plots, the depths. The following parameters were estimated: pH in CaCl2, P, Ca+2, Mg+2, K+, Al+3, H++Al+3, aluminum saturation, base saturation, bases sum, cation exchange capability, particle density, soil bulk density, soil total porosity. The interaction between tillage system and gypsum dose was significant for soil density and total porosity, with an increase in the soil density and a reduction in the total porosity in combination with no tillage and 2000 kg ha-1 of gypsum. The tillage system and gypsum effect did not affect the chemical attributes, except for the P drift which was bigger in no tillage system than in conventional tillage.

Glycine max; tillage system; gypsum


SOLOS

Atributos químicos e físicos de um Latossolo sendo influenciados pelo manejo do solo e efeito da gessagem

Latossol chemical and physical attributes affected by tillage system and gypsum effect

Michelle Jimenez da CostaI,* * Autor para correspondência. E-mail: michellejimenezc@yahoo.com.br ; Edgard Jardim Rosa JuniorII; Yara Brito Chaim Jardim RosaII; Luiz Carlos Ferreira de SouzaII; Cedrick Brito Jardim RosaIII

IDepartamento de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Rod. Dourados-Itahum, Km 12, Cx. Postal 533, 79804-970, Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil

IIUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul, Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil

IIICurso de Agronomia, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil

RESUMO

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da gessagem, em função de dois sistemas de manejo de solo sobre alguns atributos químicos e físicos de um Latossolo Vermelho distroférrico. Os tratamentos consistiam em ausência e adição de 2000 kg ha-1 de gesso agrícola, submetidos a dois sistemas de cultivo (plantio direto e preparo convencional). A cultura utilizada no experimento foi a soja, que teve como cultura antecessora o trigo. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, arranjado em esquema de parcelas subsubdivididas, com quatro repetições. Os atributos químicos analisados foram: pH em CaCl2, P, Al+3, Ca+2, Mg+2, K+, H++Al+3, saturação por alumínio, saturação e soma de bases e capacidade de troca de cátions. Dentre os atributos físicos, analisaram-se: densidades de partículas e do solo e a porosidade total. A interação entre manejo do solo e gessagem foi significativa para a densidade e a porosidade total do solo, com aumento da densidade e diminuição da porosidade no solo sob plantio direto em função do gesso. O sistema de manejo e o efeito da gessagem não induziram diferenças significativas nos atributos químicos do solo, exceto no teor de fósforo, que foi maior no plantio direto.

Palavras-chave:Glycine max, manejo do solo, gessagem.

ABSTRACT

The objective of this work was to evaluate the gypsum residual effect and two tillage systems as for their chemical and physical attributes in a red dystroferric Latossol (Hapludox). The experiment was carried out in 2004/2005 on the experimental field of the Federal University of Mato Grosso do Sul - UFMS, in Dourados, State of Mato Grosso do Sul. The experimental design was in randomized blocks in sub-subdivided plots with four replications. Main plots consisted of two tillage system (no tillage and conventional tillage). The subdivided plots were gypsum doses (0 and 2000 kg ha-1) and sub-subdivided plots, the depths. The following parameters were estimated: pH in CaCl2, P, Ca+2, Mg+2, K+, Al+3, H++Al+3, aluminum saturation, base saturation, bases sum, cation exchange capability, particle density, soil bulk density, soil total porosity. The interaction between tillage system and gypsum dose was significant for soil density and total porosity, with an increase in the soil density and a reduction in the total porosity in combination with no tillage and 2000 kg ha-1 of gypsum. The tillage system and gypsum effect did not affect the chemical attributes, except for the P drift which was bigger in no tillage system than in conventional tillage.

Key words: Glycine max, tillage system, gypsum.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Received on April 28, 2006.

Accepted on April 23, 2007.

  • BANZATTO, D.A.; KRONKA, S.N. Experimentação agrícola 2. ed. Jaboticabal: Funep, 1989.
  • BLAKE, G.R. Bulk densidy. In: BLACK, C.A. (Ed.). Methods of soil analyses Madison: Americam Society of Agronomy, 1968. p. 344-390.
  • BRAGA, J.M.; DEFELIPO, B.V. Determinações espectofotométricas de fósforo em extrato de solo e material vegetal. Rev. Ceres, Viçosa, v. 113, n. 1, p. 73-85, 1974.
  • CAIRES, E.F. et al Alterações químicas do solo e resposta da soja ao calcário e gesso aplicados na implantação do sistema plantio direto. Rev. Bras. Cienc Solo, Campinas, v. 27, n. 2, p. 275-86, 2003.
  • CARVALHO, M.C.S.; RAIJ, B.V. Calcium sulphate phosphogypsum e calcium carbonate in the amelioration of acid subsoils for root growth. Plant and Soil, The Netherlands, v. 192, p. 37-48, 1997.
  • COUTO, W. et al Sulfato sorption by two oxisoils and a alfissol of the tropics. Soil Sci, New Brunswick, v. 127, p. 108-116, 1979.
  • DEFELIPO, B.V.; RIBEIRO, A.C. Análise química do solo Viçosa: UFV, 1981. (Boletim de extensão n. 29).
  • DERPSCH, R. et al Comparação entre diferentes métodos de preparo do solo. In: DERPSCH, R. et al (Ed.). Controle da erosão no Paraná, Brasil: sistemas de cobertura do solo, plantio direto e preparo conservacionista do solo. Londrina : Iapar/Deutsche Gesellschaft für Technische Zusammenarbeit, 1991. cap. 5, p. 71-116.
  • EMBRAPA-Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de métodos de análise de solo 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa/CNPS, 1997. (Documento, 1).
  • EMBRAPA-Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Tecnologia de produção de soja-Região Central do Brasil 2005 Londrina: Embrapa Soja, 2004.
  • ERNANI, P.R. Alterações em algumas características químicas na camada arável do solo pela aplicação de gesso agrícola sobre a superfície de campos nativos. Rev. Bras. Cienc. Solo, Viçosa, v. 10, n. 3, p. 241-245, 1986.
  • FRANCHINI, J.C. et al Alterações químicas em solos ácidos após a aplicação de resíduos vegetais. Rev. Bras. Cienc. Solo, Viçosa, v. 23, n. 3, p. 533-542, 1999.
  • FREITAS, B.J. A disposição do fosfogesso e seus impactos ambientais. In: SEMINÁRIO SOBRE O USO DO GESSO NA AGRICULTURA, 2., 1992, Uberaba. Anais.. Uberaba: Ibrafós, 1992. p. 325-339.
  • KLEIN, V.A. A física do solo na produção agrícola e na qualidade ambiental. Rev. Plantio Direto, Passo Fundo, v. 61, p. 28, 2001.
  • LOPES, A.S. Solos sob "Cerrado", características, propriedades e manejo. Piracicaba: Instituto Internacional de Potassa, 1984.
  • MATO GROSSO DO SUL. Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral. Atlas Multireferencial Campo Grande, 1990.
  • MENDES, A.M. Alterações de características químicas do solo pela calagem e gessassem superficiais sob cultivo de café. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 29., 2003, Ribeirão Preto. Resumos.. Ribeirão Preto: UnespSBCS, 2003. CD-Rom.
  • MEURER, J.E. Fundamentos da química 2. ed. Porto Alegre: Genises, 2004.
  • MORELLI, J.L. et al Calcário e gesso na produtividade de cana de açúcar e nas características químicas de um latossolo de textura média álico. Rev. Bras. Cienc. Solo, Campinas, v. 16, p. 187-194, 1992.
  • NOGUEIRA, A.R.A.; MOZETO, A.A. Interações químicas do sulfato e carbonato de cálcio em seis solos paulistas sob vegetação de cerrado. Rev. Bras. Cienc. Solo, Campinas, v. 14, p. 1-6, 1990.
  • PAVAN, M.A. et al Redistribution of exchangeable calcium magnesium and aluminum following lime as gypsum applications to a brasilian oxisol. Soil Sci. Soc. Am. J, Madison, v. 48, p. 33-38, 1984.
  • QUAGGIO, J.A. Acidez e calagem em solos tropicais Campinas: Instituto Agronômico, 2000.
  • QUAGGIO, J.A. et al Efeitos da aplicação de calcário e gesso sobre a produção de amendoim e lixiviação de bases no solo. Rev. Bras. Cienc. Solo, Campinas, v. 6, p. 189-194, 1982.
  • RODRIGUES, G.M. et al Movimentação de bases em solo de cerrado submetido a diferentes sistemas de manejo e corretivo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO: ALICERCE DOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO, 29., 2003, Ribeirão Preto, Resumos.. Ribeirão Preto: UnespSBCS, 2003. CD-Rom.
  • ROSA JUNIOR, E.J. Compactação em Latossolo I: Sua gênese. Rev. Cient., Campo Grande, v. 1, p. 51-54, 1994.
  • ROSA JUNIOR, E.J. Efeitos de sistemas de manejo na cultura do milho (Zea mays L.) em um Latossolo Roxo distrófico de Dourados-MS 2000. Tese (Doutorado em Agronomia) -Universidade Estadual Paulista/Unesp, Botucatu, 2000.
  • ROSA JUNIOR, E.J. et al Efeito da calagem, gessagem e adubação fosfatada sobre algumas características físicas de um Latossolo Roxo distrófico de Dourados-MS. Rev. Cienc. Agr, Campo Grande, v. 1, p. 5-12, 1994.
  • ROSA JUNIOR, E.J. et al Gesso e calcário como condicionadores de atributos de um Latossolo sob cultivo de soja-milho. Rev. Cienc. Agr, Campo Grande, v. 2/4, n. 3/8, p. 45-50, 1999/2001.
  • ROSA JUNIOR, E.J. et al. Manejo do solo e de culturas e seu efeito sobre soja e atributos de um latossolo In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 15., 2004, Santa Maria. Resumos.. Santa Maria: UFSM-SBCS, 2004. CD-Rom.
  • ROSOLEM, C.A.; MACHADO, J.R. Efeitos da calagem e gessagem sobre a produção de algodão e lixiviação de bases em dois Latossolos. Rev. Bras. Cienc. Solo, Campinas, v. 8, p. 103-109, 1984.
  • ROTH, C.H. et al Efeitos da aplicação de calcário e gesso sobre a estabilidade de agregados e infiltrabilidade de água em um Latossolo Roxo cultivado com cafeeiros. Rev. Bras. Cienc. Solo, Campinas, v. 10, p. 163-166, 1986.
  • SÁ, J.C.M. Impacto do aumento da matéria orgânica do solo em atributos da fertilidade no sistema plantio direto. In: ENCONTRO REGIONAL DE PLANTIO DIRETO NO CERRADO, 5., 2001, Dourados. Anais.. Dourados: Embrapa-UFMS-APDC, 2001. p. 35-43.
  • SALET, R.L. et al O alumínio é menos tóxico no sistema de plantio direto. In: REUNIÃO SULBRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO, 5., 1996, Lages. Resumo expandido.. Lages: SBCS-Núcleo Regional Sul, 1996. v. 1, p. 72-74.
  • SOUSA, D.M.G.; LOBATO, E. Correção da acidez do solo. In: SOUSA, D.M.G.; LOBATO, E. (Ed.). Cerrado: correção do solo e adubação. Brasília: Embrapa, 2004. cap. 3. p. 81-95.
  • VETTORI, L. Métodos de analise de solos Rio de Janeiro: Equipe de pedagogia e fertilidade do solo do Ministério da Agricultura, 1969. (Boletim técnico, n. 7).

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    03 Jul 2014
  • Data do Fascículo
    2007

Histórico

  • Recebido
    28 Abr 2006
  • Aceito
    23 Abr 2007
Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, 87020-900 - Maringá PR/ Brasil, Tel.: (55 44) 3011-4253, Fax: (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaagron@uem.br