Qualidade de silagem de sorgo e cultivares de Urochloa brizantha em monocultivo e consorciado em diferentes sistemas de semeadura

Matheus Gonçalves Ribeiro Kátia Aparecida de Pinho Costa Wender Ferreira de Souza Welma Santos Cruvinel Jessika Torres da Silva Divino Rosa dos Santos JúniorSobre os autores

RESUMO.

Surgiu recentemente a técnica de produção de silagem de sistemas consorciados de cultura anual e forrageira tropical, na integração lavoura-pecuária, com intuito de minimizar déficit de forragens na entressafra. Sendo assim, objetivou-se avaliar as características fermentativas e valor nutritivo da silagem de sorgo e cultivares de Urochloa brizantha em monocultivo e consorciado em diferentes sistemas de semeadura. O delineamento experimental utilizado foi o de bloco ao acaso, com três repetições, em esquema fatorial 3x2+4, sendo três cultivares de Urochloa brizantha (Marandu, Xaraés e Piatã), consorciadas com sorgo granífero em dois sistemas de semeadura (linha e entrelinha) e quatro monocultivos (Sorgo, Marandu, Xaraés e Piatã). A forma de semeadura dos sistemas consorciados não interferiu nas características fermentativas e químico-bromatológicas das silagens. O mesmo foi obtido para cultivares de Urochloa brizantha. As silagens do consórcio do sorgo com cultivares de Urochloa brizantha apresentaram menores valores de pH, capacidade tampão, N-NH3, ácido acético e butírico e maior ácido lático, além da qualidade superior, quanto aos parâmetros matéria seca, extrato etéreo e nutrientes digestíveis totais. Portanto, silagens dos sistemas consorciados garantem adequado processo fermentativo e qualidade nutricional, constituindo interessantes opções de volumosos suplementar para ser utilizado na entressafra na alimentação animal.

Palavra-chave:
conservação; digestibilidade; fermentação; integração lavoura-pecuária

Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, CEP 87020-900 , Tel. (55 44) 3011-4253, Fax (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaanim@uem.br