Digestibilidade da matéria seca e energia metabolizável da glicerina bruta originada a partir de óleo de palma usando ensaio de alimentação forçada com galos

RESUMO.

O presente estudo foi realizado para determinar a digestibilidade da matéria seca, energia bruta (EB), energia metabolizável aparente corrigida pelo balanço de nitrogênio (EMAn) e energia metabolizável verdadeira corrigida pelo balanço de nitrogênio (EMVn) de glicerinas brutas de duas diferentes fontes. A primeira glicerina bruta (GB1) foi obtida de um produtor de biodiesel de grande escala contendo alto teor de glicerol (89,49%) e baixo teor de gordura bruta (1,73%), enquanto a segunda glicerina bruta (GB2) era de um produtor de biodiesel de média escala com menor conteúdo de glicerol do que GB1 (38,36%) e alto teor de gordura bruta (23,63%). O ensaio de alimentação forçada com galos baseado em Sibbald (1976) foi utilizado no experimento. A ração experimental foi composta de milho moído e três níveis de glicerina bruta (0, 10 e 20%). Vinte e quatro galos Hisex brown foram alojados em gaiolas metabólicas. Os galos foram alimentados a força com 30 g da ração experimental após jejum de 24 horas. A coleta de excretas foi realizada durante dois dias enquanto os galos permaneceram novamente em jejum. Os teores de EB, EMAn e EMVn de GB1 foram 4065,18, 2926,59 e 3068,73 kcal kg-1 para GB2 foram 5928,09, 4010,11 e 4054,52 kcal kg-1, respectivamente.

Palavras chave:
produtor de biodiesel de grande escala; produtor de biodiesel de média escala; método Sibbald

Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Av. Colombo, 5790, bloco 40, CEP 87020-900 , Tel. (55 44) 3011-4253, Fax (55 44) 3011-1392 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: actaanim@uem.br