The politics of vulnerability and resilience

Existe muita confusão conceitual em torno dos conceitos de vulnerabilidade e resiliência (social), reforçada pela diferença de paradigmas (este artigo identifica quarto) e tradições disciplinares subjacentes à sua utilização. Enquanto desde os anos 80 a construção social de "vulnerabilidade" como condutor para desastres recebeu atenção considerável, nos últimos anos temos visto maior atenção às capacidades e resiliência das pessoas. Atualmente popular, a abordagem da "complexidade" do risco, além disso, parece oferecer maneiras transformadoras através das vulnerabilidades enraizadas. No entanto, defendemos que a resiliência é um projeto político que também tem seus sombrios sobretons conservadores e omite fontes estruturais de vulnerabilidade que continuam a afetar os atores propensos ao risco. Podemos, portanto, precisar conceber a resiliência como potencial para transformação social depois de desastres.

Vulnerabilidade; resiliência


ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Anppas / Revista Ambiente e Sociedade - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaambienteesociedade@gmail.com