AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA GESTÃO DOS RISCOS DE DESASTRES SOCIOAMBIENTAIS

LEANDRO LUDWIG MARCOS ANTÔNIO MATTEDI Sobre os autores

Resumo

O texto tem como objetivo abordar a temática da utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) nos modelos de gestão dos riscos de desastres (GRD). Tem como base as diferentes formas de entendimento e representação do tempo nos modelos de gestão. Como resultado da revisão bibliográfica desenvolvida, argumenta-se que os fluxos de comunicação na GRD podem possuir três características cognitivas: a) multisignificado; b) multidirecional e multinível; c) multidimensional. A revisão bibliográfica, utilizada como principal método para desenvolver esse argumento, estruturou o texto em quatro partes principais: 1) Modelos de gestão dos desastres; 2) Uso das TICs na GRD; 3) Fluxo de comunicação; 4) Considerações finais.

Palavras-chave :
desastre; modelo de gestão; TIC; fluxo de comunicação; Quadro de Sendai

ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Anppas / Revista Ambiente e Sociedade - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaambienteesociedade@gmail.com