Whose environment?: the end of nature, climate change and the process of post-politicization

Este artigo explora como a eminência da questão ambiental, particularmente da problemática das mudanças climáticas, para uma preocupação pública global e consensualmente vigente é ao mesmo tempo um marco e uma força constituinte na produção da despolitização. Este artigo tem quatro partes. Primeiro, eu problematizo a questão da natureza e do meio ambiente. Segundo, o caso das políticas de mudanças climáticas é apresentado como cause célèbre da despolitização. A terceira parte relaciona este argumento com as visões de teóricos políticos que argumentam que a constituição política das democracias ocidentais é, cada vez mais, marcada pela consolidação de arranjos pós-politicos e pós-democráticos. Na quarta parte eu discuto o consenso das mudanças climáticas à luz da tese pós-política. Eu concluo que a questão do meio ambiente e, particularmente, das mudanças climáticas precisam ser deslocadas para o terreno do propriamente político.

políticas de mudanças climáticas


ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Anppas / Revista Ambiente e Sociedade - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaambienteesociedade@gmail.com