Accessibility / Report Error

PERCEPÇÃO AMBIENTAL E POLÍTICAS PÚBLICAS - DICOTOMIA E DESAFIOS NO DESENVOLVIMENTO DA CULTURA DE SUSTENTABILIDADE

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa de percepção ambiental realizada em uma universidade federal brasileira e discute a relação entre a cultura identificada na comunidade estudada e as políticas públicas de estímulo à sustentabilidade. Trata-se de um estudo descritivo de abordagem quantitativa, no qual foi utilizado um instrumento estruturado para analisar os hábitos cotidianos de 387 sujeitos da comunidade interna da instituição. Os resultados mostraram que a comunidade interna tende à percepção ambiental positiva, porém tem pouca percepção quanto aos impactos ambientais resultantes de seus hábitos. A partir desse construto, teceu-se uma discussão sobre as expectativas governamentais intrínsecas nas políticas públicas instituídas e o grau de consciência ambiental do grupo estudado. Concluiu-se que o cenário socioambiental da universidade caracteriza-se pela dicotomia teoria/prática, que atua como barreira na dinâmica do desenvolvimento da cultura de sustentabilidade local e desafia a articulação entre os propósitos dos ditames legais e o arranjo de potenciais identificado na comunidade interna.

Palavras-chave:
Percepção Ambiental; Políticas Públicas; Gestão Socioambiental

ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Anppas / Revista Ambiente e Sociedade - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistaambienteesociedade@gmail.com