Effect of alcoholic fermentation in the content of phenolic compounds in cider processing

O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito da fermentação alcoólica no teor de compostos fenólicos de cinco mostos de maçãs industriais. Os compostos fenólicos foram analisados por HPLC. Os mostos apresentaram fenóis totais entre 188,4 a 2776,17 mg.L-1. Os teores de fenóis durante a fermentação permaneceram os mesmos para as variedades DC, PJ e GU, entretanto, em DM e KE foi observada uma diminuição dos teores de fenóis (55 e 313 mg.L-1, respectivamente). Em KE o teor do ácido caféico aumentou de 6,6 mg.L-1 para 41,8 mg.L-1. O teor de catequinas aumentou cerca de 13 mg.L-1 durante o processo, independente da variedade. As outras classes de fenóis não apresentaram modificações com a fermentação alcoólica, permanecendo na sidra os compostos fenólicos do suco de maçã clarificado.


Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Rua Prof. Algacyr Munhoz Mader, 3775 - CIC, 81350-010 Curitiba PR Brazil, Tel.: +55 41 3316-3052/3054, Fax: +55 41 3346-2872 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: babt@tecpar.br