Somatic embryogenesis and plant regeneration from callus cultures of Cleome rosea Vahl

Claudia Simões Norma Albarello Cátia Henriques Callado Tatiana Carvalho de Castro Elisabeth Mansur Sobre os autores

O trabalho descreve um protocolo para a propagação in vitro de Cleome rosea por embriogênese somática. Explantes foliares e caulinares, obtidos de plantas germinadas sob condições in vivo, foram cultivados em meio de Murashige and Skoog (MS) suplementado com ácido 3-indolacético (AIA), ácido naftalenoacético (ANA), ácido 4-amino-3,5,6-tricloropicolínico (picloram) ou ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D). Calos de aspecto nodular foram produzidos a partir de ambos os tipos de explante na presença de 4,5 e 9,0 μM de 2,4-D. O desenvolvimento e a maturação de embriões somáticos foram alcançados quando calos obtidos de explantes caulinares foram transferidos para meio de cultura suplementado com uma concentração de 2,4-D dez vezes menor do que aquelas utilizadas na indução do processo de calogênese (0,45 e 0,90 μM). Calos derivados de explantes foliares não produziram embriões ao serem submetidos a estes mesmos tratamentos. Os maiores valores de freqüência de calos embriogênicos (85%) e número médio de embriões por calo (13,45±2,8) foram alcançados durante a primeira subcultura em meio suplementado com 0,90 μM de 2,4-D. O processo de conversão dos embriões somáticos em plantas foi observado após transferência dos embriões para meio MS sem suplementação hormonal solidificado com 2 g.L-1 de fitagel. Três meses após a transferência para condições ex vitro a taxa de aclimatização alcançada foi de 53% e as plantas apresentavam um aspecto fenotípico normal.


Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Rua Prof. Algacyr Munhoz Mader, 3775 - CIC, 81350-010 Curitiba PR Brazil, Tel.: +55 41 3316-3052/3054, Fax: +55 41 3346-2872 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: babt@tecpar.br