Central venous access through the external jugular vein in children submitted to bone marrow transplantation

José Luiz de Godoy Edson Keity Otta Ricardo Atsumori Miyazaki Marco Antonio Bitencourt Ricardo Pasquini Sobre os autores

O estabelecimento de um acesso venoso central de longa duração é uma condição sine qua non para realizar o transplante de medula óssea em crianças. Com frequência, este acesso tem sido obtido através da punção percutânea das veias subclávia e jugular interna ou via dissecção da jugular interna. Com o objetivo de evitar algumas complicações maiores e menores associadas com a subclávia e a jugular interna, os autores descrevem um método simples, fácil e seguro para o acesso venoso central através de dissecção da veia jugular externa. Este método deveria ser de interesse dos leitores envolvidos com o transplante de medula óssea e ser considerado também para crianças e/ou adultos que necessitem de cateter venoso central de longa permanência (externo ou totalmente implantável) devido a outras razões, como a nutrição parenteral ou a administração de agentes quimioterápicos.


Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Rua Prof. Algacyr Munhoz Mader, 3775 - CIC, 81350-010 Curitiba PR Brazil, Tel.: +55 41 3316-3052/3054, Fax: +55 41 3346-2872 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: babt@tecpar.br