Frequency-dependence of mating success in Poeciliopsis monacha (Pisces, Cyprinodontiformes) reproductive complex, Sonora, Mexico

Neuza Rejane Wille Lima Carlos Roberto S. F. Bizerril Sobre os autores

Uma diversidade de fêmeas unissexuadas do gênero Poeciliopsis coexiste com seus ancestrais sexuados em riachos do oeste mexicano. Fêmeas unissexuadas são híbridos que dependem do esperma da espécie parental paternal para se reproduzir. Várias hipóteses, incluindo a vantagem da fêmea rara, procuram explicar como a diversidade do biótipos unissexuados é mantida nos complexos reprodutivos de Poeciliopsis. A hipótese propõem que os biótipos unissexuados menos frequentes tenham vantagem de cruzamento sobre os biótipos mais frequentes e que existe um equilíbrio dinâmico regulando tal processo. No complexo reprodutivo de P. monacha localizado no Arroyo de los Platanos, a densidade de dois biótipos unissexuados (P. 2monacha-lucida I e II) variam entre as piscinas formadas. O objetivo do presente estudo foi analisar a fecundidade e o sucesso de cruzamento das fêmea deste riacho para testar a hipótese. O sucesso de cruzamento das fêmeas foi inversamente correlacionado a sua densidade, dando suporte a hipótese levantada.


Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar Rua Prof. Algacyr Munhoz Mader, 3775 - CIC, 81350-010 Curitiba PR Brazil, Tel.: +55 41 3316-3052/3054, Fax: +55 41 3346-2872 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: babt@tecpar.br