A virada histórica de Bakhtin e seus antecedentes soviéticos

Craig Brandist Sobre o autor

RESUMO

Baseado em trabalhos anteriores, o artigo oferece uma nova compreensão das ideias de Bakhtin sobre a estratificação e o desenvolvimento histórico da linguagem, apoiado em material de arquivo do Instituto para a História Comparativa das Literaturas e Línguas do Ocidente e Oriente (ILIaZV), não publicado. O foco é o trabalho de Bakhtin do final dos anos 1930, quando ele desvia sua atenção da língua para o desenvolvimento histórico de imagens específicas, séries semânticas e estruturas de enredo. Bakhtin ainda manteve conexões próximas com o trabalho desenvolvido no ILIaZV, mas baseou seu trabalho em diferentes intelectuais, Aleksandr Vesselóvski (1838-1906) e Izrail Frank-Kamenetski (1880-1937), que se tornam influências importantes para ele, especialmente em relação a sua ideia sobre o modo como o ritual sincrético do Carnaval se torna um aspecto estruturador da literatura e em sua análise das estruturas de enredo e metáforas. O artigo oferece algumas informações sobre as assunções por trás das noções bakhtinianas de cronotopo e carnaval e a perspectiva de retomar essas noções, de modo que se tornem ferramentas úteis para pesquisa futura.

PALAVRAS-CHAVE:
Estratificação linguística; Séries semânticas; Estruturas de enredo; Cronotopo; Carnaval

LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Rua Monte Alegre, 984 , 05014-901 São Paulo - SP, Tel.: (55 11) 3258-4383 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bakhtinianarevista@gmail.com
Accessibility / Report Error