Association between Estrogen, Vitamin D and Microrna17 Gene Polymorphisms and Periapical Lesions

Alice Corrêa Silva-Sousa Jardel Francisco Mazzi-Chaves Jessica Vavassori Freitas Alessandro Guimarães Salles Raquel Assed Bezerra da Silva Segato Léa Assed Bezerra da Silva Lívia Azeredo Alves Antunes Leonardo Santos Antunes Flares Baratto-Filho Manoel Damião Sousa-Neto Erika Calvano Küchler Sobre os autores

Resumo

Este estudo avaliou a associação entre polimorfismos em genes que codificam os receptores de estrogênio 1 (ESR1) e 2 (ESR2), receptor de vitamina D (VDR) e no microRNA17 (que se liga à ESR1 e VDR) e a periodontite apical persistente (PAP) após o tratamento endodôntico. Foram incluídos 162 pacientes com tratamento endodôntico concluído há pelo menos um ano e que apresentavam periodontite apical no início da terapia endodôntica. Exames clínicos e radiográficos foram realizados para avaliar a presença de PAP ou tecidos perirradiculares saudáveis (cicatrizados). As amostras de saliva foram coletadas como fonte de DNA genômico. A genotipagem de ESR1 (rs2234693 e rs9340799), ESR2 (rs1256049 e rs4986938), VDR (rs739837 e rs2228570) e miRNA17 (rs4284505) foram realizadas por PCR em tempo real. O teste do qui-quadrado foi utilizado para a distribuição das frequências genotípicas e alélicas. A análise de haplótipos também foi realizada. Oitenta e nove pacientes foram incluídos no grupo “curado” e 73 no grupo “PAP”. Não foi encontrada associação entre os polimorfismos alélicos e genotípicos estudados e a PAP (p>0,05). Concluí-se que os polimorfismos genéticos em ESR1, ESR2, VDR e miRNA17 não estão associados à PAP.

Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Av. do Café, S/N, 14040-904 Ribeirão Preto SP Brasil, Tel.: (55 16) 3602-3982, Fax: (55 16) 3633-0999 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: bdj@forp.usp.br