Eugenia uniflora Dentifrice for Treating Gingivitis in Children: Antibacterial Assay and Randomized Clinical Trial

Vanessa de Carvalho Jovito Irlan Almeida Freires Danilo Augusto de Holanda Ferreira Marçal de Queiroz Paulo Ricardo Dias de Castro Sobre os autores

Resumo

Crianças em idade escolar apresentam, com frequência, alto risco para o desenvolvimento de doenças biofilme-dependentes, incluindo cárie e doenças periodontais. Este estudo investigou a eficácia clínica de um dentifrício contendo o extrato de Eugenia uniflora Linn. (pitanga) comparado a um dentifrício com triclosan no combate à gengivite em crianças de 10 a 12 anos. Foi avaliado o potencial antibacteriano in vitro do dentifrício sobre microorganismos da cavidade oral (S. mutans S. oralis and L. casei) e realizado um estudo clínico fase II incluindo 50 sujeitos, com sinais clínicos de gengivite, divididos aleatoriamente em dois grupos: Experimental - 25 sujeitos usaram o dentifrício contendo extrato de pitanga; e Controle - 25 sujeitos que usaram um dentifrício fluoretado contendo triclosan (Colgate Total 12(r)). Na baseline e após sete dias consecutivos de escovação, foi realizado o exame clínico para diagnóstico de gengivite (desfecho primário) e acúmulo de biofilme (desfecho secundário), utilizando o Índice de Sangramento Gengival (ISG) e Índice de Higiene Oral Simplificado (IHO-S). Os dados foram analisados utilizando o teste t pareado e não pareado (ISG) e teste de Wilcoxon e Mann-Whitney (IHO-S), com nível de significância de p≤0,05. Observou-se uma efetiva atividade antibacteriana do dentifrício experimental. No estudo clínico, observou-se redução de sangramento gengival em ambos os grupos experimental e controle (p<0,0001), não havendo diferença entre eles (p 0,178), embora com uma pequena magnitude de efeito. Apenas o grupo controle reduziu significantemente o acúmulo de biofilme (p=0,0039). Concluiu-se que o dentifrício experimental de E. uniflora mostrou-se eficaz na redução de gengivite em crianças de 10 a 12 anos. Assim, este dentifrício apresenta potencial para ser utilizado de forma eficaz e segura em odontologia preventiva.

Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Av. do Café, S/N, 14040-904 Ribeirão Preto SP Brasil, Tel.: (55 16) 3602-3982, Fax: (55 16) 3633-0999 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: bdj@forp.usp.br