Influence of Root Canal Filling Techniques on Sealer Penetration and Bond Strength to Dentin

Luciana Martins Domingues de Macedo Yara Silva-Sousa Silvio Rocha Corrêa da Silva Samantha Schaffer Pugsley Baratto Flares Baratto-Filho Fuad Jacob Abi Rached-JúniorSobre os autores

Resumo

Avaliou-se a influência da técnica obturadora na penetração do cimento AH Plus nos túbulos dentinários, por meio de microscopia confocal de varredura a laser (MCVL), e o impacto na resistência de união do material obturador à dentina, por meio do teste de push out. Raízes de incisivos centrais superiores (n=40) foram preparadas com ProTaper Universal e distribuídas em 4 grupos: Condensação lateral, Compactação vertical, Híbrida de Tagger Modificada e Cone único. Após obturação com guta percha e AH Plus acrescido de fluoresceína 0,01%, as raízes foram seccionadas em slices de 2,0 mm. O primeiro slice de cada terço foi submetido à MCVL e, posteriormente, ao teste de push out. O segundo slice foi analisado em MEV. ANOVA demonstrou diferença estatisticamente significante para as técnicas obturadoras e terços radiculares (p<0,05). Para o percentual de penetração, Tukey evidenciou que compactação vertical (91,77±13,51), Condensação lateral (89,18±10,91) e Híbrida de Tagger Modificada (87,53±15,42) apresentaram os maiores valores, estatisticamente diferentes (p<0,05) da Cone único (78,19±22,46). Na resistência de união (MPa), Condensação lateral (3,42±0,54) e Compactação vertical (3,47±0,53) obtiveram os maiores valores, diferentes (p<0,05) da Híbrida de Tagger Modificada (2,19±0,41) e da Cone único (0,54±0,21), que teve os menores valores. Concluiu-se que as técnicas obturadoras Condensação lateral, Compactação vertical e Híbrida de Tagger Modificada propiciaram maior penetração e resistência de união à dentina intrarradicular.

Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Av. do Café, S/N, 14040-904 Ribeirão Preto SP Brasil, Tel.: (55 16) 3602-3982, Fax: (55 16) 3633-0999 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: bdj@forp.usp.br