Relationship between Initial Attendance after Dental Trauma and Development of External Inflammatory Root Resorption

Thiago Farias Rocha Lima Emmanuel João Nogueira Leal da Silva Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes José Flávio Affonso de Almeida Alexandre Augusto Zaia Adriana de Jesus Soares Sobre os autores

Resumo

O objetivo deste estudo clínico foi avaliar a relação entre a demora na procura por tratamento e o desenvolvimento de reabsorções inflamatórias externas em dentes luxados com ápice fechado. A amostra desta pesquisa foi constituída por 67 pacientes que apresentaram 133 dentes traumatizados, dos quais 56 foram acometidos por luxação extrusiva, 69 por luxação lateral e 8 por luxação intrusiva, proservados por no mínimo 24 meses. Foi registrado o tempo decorrido entre a data do trauma e o primeiro atendimento. Verificou-se a ocorrência de necrose pulpar e reabsorções inflamatórias externas em cada tipo de traumatismo. O Teste Exato de Fisher foi aplicado para verificar a influência da data do atendimento inicial e o desenvolvimento de reabsorções inflamatórias externas em cada tipo de luxação e o teste de Odds Ratio foi aplicado para verificar o risco do desenvolvimento de reabsorções inflamatórias externas em função da demora na procura por tratamento. Os resultados revelaram que a necrose pulpar foi verificada em 105 dentes luxados (78,9%) e a reabsorção inflamatória externa foi verificada em 17.8% das luxações extrusivas (10), sendo 15,9% das luxações laterais (11) e 25% das luxações intrusivas (2). A demora na procura por tratamento influenciou o desenvolvimento de reabsorções infamatórias externas nas luxações laterais (p=0,0174). Os pacientes que procuraram tratamento após 45 dias da data do trauma apresentaram 3,4 vezes mais chance de desenvolver reabsorção inflamatória externa do que os pacientes que procuraram tratamento logo após o traumatismo. Conclui-se que o tratamento tardio após a ocorrência do traumatismo pode prejudicar o prognóstico e favorecer o desenvolvimento de reabsorções inflamatórias externas em dentes luxados com ápice fechado.

Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Av. do Café, S/N, 14040-904 Ribeirão Preto SP Brasil, Tel.: (55 16) 3602-3982, Fax: (55 16) 3633-0999 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: bdj@forp.usp.br