Effectiveness of Denture Cleanser Associated With Microwave Disinfection and Brushing of Complete Dentures: In Vivo Study

Newton Sesma Alessandra Lima Rocha Dalva Cruz Laganá Bruno Costa Susana Morimoto Sobre os autores

Próteses totais agem como um reservatório para a colonização microbiana, que pode levar a infecções sistêmicas. Irradiação com microondas tem sido usada como um método eficiente de desinfecção das próteses. Apesar dos métodos atuais eliminarem os microorganismos da base protética, uma taxa de recidiva ainda é observada entre pacientes que usam próteses dentárias. Hipotetizamos que a desinfecção com microondas consegue matar os microorganismos, mas não remove as bactérias mortas da superfície da prótese. Para testar essa hipótese, o biofilme encontrado nas próteses de 10 pacientes com estomatite protética foi analisado. Além disso, os efeitos da irradiação por microondas + escovação (MW+B) no biofilme da prótese e a associação de um higienizador de prótese com a irradiação por microondas e escovação (MW+DC+B) para a remoção dos microorganismos da prótese foram investigados. Dados microbiológicos foram avaliados por análise não paramétrica (Friedman/Wilcoxon, α=0,05). MW+B e MW+DC+B foram efetivos em reduzir a taxa de microorganismos (99,2% e 99,5%, respectivamente), mas não houve diferença significativa entre eles (p=0,553). Entretanto, observamos que a completa remoção dos microorganismos só foi possível quando todos os métodos foram associados (MW+DC+B). Irradiação por microondas associada à imersão em higienizador de prótese e escovação efetivamente desinfetou a prótese e removeu o biofilme da prótese.


Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Av. do Café, S/N, 14040-904 Ribeirão Preto SP Brasil, Tel.: (55 16) 3602-3982, Fax: (55 16) 3633-0999 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: bdj@forp.usp.br