Accessibility / Report Error

Morfologia comparativa e distribuição batimétrica de duas espécies de Ophiuroidea, na região costeira de Ubatuba

Comparative morphology and bathymetric distribution of two species of Ophiuroidea from coastal region of Ubatuba

Resumos

Durante o período de outubro de 1985 a julho de 1987, foram coletados 722 ofíuróides pertencentes às espécies Ophioderma januarii e Ophioplocus januarii, na costa do Estado de São Paulo. Realizou-se medidas do diâmetro do disco dos exemplares e estas variaram entre 10,5 e 21,5 mm para Ophioderma januarii e entre 2,6 e 21,5 mm, para Ophioplocus januarii. Foram efetuadas observações das características morfológicas externas dos indivíduos e posteriormente, organizadas séries de crescimento, com o intuito de evidenciar possíveis alterações. Verificou-se para Ophioderma januarii, variações na forma dos escudos, no número de papilas orais e de espinhos braquiais, na coloração da superfície dorsal do disco e das placas braquiais dorsais e para Ophioplocus januarii variações nas escamas primárias, na série de escamas maiores da região interradial dorsal do disco, no número de escamas entre a centro-dorsal e a margem do disco, na forma dos escudos radiais e orais, no número de papilas orais, na coloração da superfície dorsal do disco e das placas braquiais dorsais. O resultado das análises de parâmetros ambientais dos locais de coleta, mostrou que as duas espécies ocorreram em áreas com condições ambientais distintas. Ophioderma januarii foi amostrada na região costeira até 36 m de profundidade e Ophioplocus januarii entre 30 e 100 m.

Morfologia; Distribuição vertical; Fatores abióticos; Ophiuroidea; Ophioderma januarii; Ophioplocus januarii; Ubatuba: SP; Brasil


A total of 722 ophiuroids belonging to the species Ophioderma januarii and Ophioplocus januarii was collected on the coast of the State of São Paulo, from October 1985 to July 1987. Measurements of disc diameter of the specimens were ranged from 10,5 to 21,5 mm for Ophioderma januarii and from 2,6 to 21,5 mm for Ophioplocus januarii External morphological characteristics of the individuals were observed and growth series were organized to detect possible changes. For Ophioderma januarii variations were found in the shape of the shields, in the number of oral papillas and arms spines, in the color of the dorsal disc surface and in the dorsal arm plates. On Ophioplocus januarii variations were found in primary scales, in the major scales series of the dorsal interradial region of the disc, in the number of scales between the central plate and the edge of the disc, in the shape of the radiais and orals shields, in the number of the oral papillas, in the color of the dorsal disc surface and in the dorsal arm plates. Analyses of environmental parameters show that both species were present in areas with distinct environmental conditions. Ophioderma januarii was collected in the coastal region and as far as 36 m deep and Ophioplocus januarii from 30 to 100 m deep.

Morphology; Vertical distribution; Abiotic factors; Ophiuroidea; Ophioderma januarii; Ophioplocus januarii; Ubatuba: SP; Brazil


ARTIGOS

Morfologia comparativa e distribuição batimétrica de duas espécies de Ophiuroidea, na região costeira de Ubatuba

Comparative morphology and bathymetric distribution of two species of Ophiuroidea from coastal region of Ubatuba

Ana Maria Gouveia Monteiro; Margarete de Oliveira Reis* (* ) Bolsista do CNPq. ; Érica Verónica Pardo

Departamento de Zoologia, Universidade Estadual Paulista - UNESP (Caixa Postal 136,15001-970 - Sao José do Rio Preto, SP, Brasil)

RESUMO

Durante o período de outubro de 1985 a julho de 1987, foram coletados 722 ofíuróides pertencentes às espécies Ophioderma januarii e Ophioplocus januarii, na costa do Estado de São Paulo.

Realizou-se medidas do diâmetro do disco dos exemplares e estas variaram entre 10,5 e 21,5 mm para Ophioderma januarii e entre 2,6 e 21,5 mm, para Ophioplocus januarii.

Foram efetuadas observações das características morfológicas externas dos indivíduos e posteriormente, organizadas séries de crescimento, com o intuito de evidenciar possíveis alterações.

Verificou-se para Ophioderma januarii, variações na forma dos escudos, no número de papilas orais e de espinhos braquiais, na coloração da superfície dorsal do disco e das placas braquiais dorsais e para Ophioplocus januarii variações nas escamas primárias, na série de escamas maiores da região interradial dorsal do disco, no número de escamas entre a centro-dorsal e a margem do disco, na forma dos escudos radiais e orais, no número de papilas orais, na coloração da superfície dorsal do disco e das placas braquiais dorsais.

O resultado das análises de parâmetros ambientais dos locais de coleta, mostrou que as duas espécies ocorreram em áreas com condições ambientais distintas. Ophioderma januarii foi amostrada na região costeira até 36 m de profundidade e Ophioplocus januarii entre 30 e 100 m.

Descritores: Morfologia, Distribuição vertical, Fatores abióticos, Ophiuroidea, Ophioderma januarii, Ophioplocus januarii, Ubatuba: SP, Brasil.

ABSTRACT

A total of 722 ophiuroids belonging to the species Ophioderma januarii and Ophioplocus januarii was collected on the coast of the State of São Paulo, from October 1985 to July 1987. Measurements of disc diameter of the specimens were ranged from 10,5 to 21,5 mm for Ophioderma januarii and from 2,6 to 21,5 mm for Ophioplocus januarii External morphological characteristics of the individuals were observed and growth series were organized to detect possible changes. For Ophioderma januarii variations were found in the shape of the shields, in the number of oral papillas and arms spines, in the color of the dorsal disc surface and in the dorsal arm plates. On Ophioplocus januarii variations were found in primary scales, in the major scales series of the dorsal interradial region of the disc, in the number of scales between the central plate and the edge of the disc, in the shape of the radiais and orals shields, in the number of the oral papillas, in the color of the dorsal disc surface and in the dorsal arm plates. Analyses of environmental parameters show that both species were present in areas with distinct environmental conditions. Ophioderma januarii was collected in the coastal region and as far as 36 m deep and Ophioplocus januarii from 30 to 100 m deep.

Descriptors: Morphology, Vertical distribution, Abiotic factors, Ophiuroidea, Ophioderma januarii, Ophioplocus januarii, Ubatuba: SP, Brazil.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Agradecimentos

A Derci Anésia Borela, Luiz Fernando Tirapelli e Soraia Fernandes Rodrigues Soares pelo auxílio técnico, durante a realização deste trabalho.

(Manuscrito recebido 5 dezembro 1991; revisto 5 outubro e 1º dezembro 1992; aceito 10 dezembro 1992)

  • ALBUQUERQUE, M. N. 1986. Ophiuroidea Gray, 1840 (Echinodermata) da plataforma continental do norte e nordeste brasileiro. Tese de doutorado. Universidade de São Paulo, Instituto de Biociências. 393 p.
  • BARTSCH, I. 1982. Ophiuroidea (Echinodermata) from the Patagonian shelf. Mitt. Hamb. Zool. Mus. Inst., 79:211-250.
  • BERNASCONI, I. & DIGOSTINO, M. M. 1977. Ofiuroideos dei mar Epicontinental Argentino. Revta Mus. argent. Cienc. nat. Bernardino Rivadavia, Hidrobiol., 5(5):65-114.
  • BRITO, I. M. 1962. Ensaio de catálogo dos equinodermas do Brasil. Avulso Cent. Estud. zool. Univ.Bras., (13):1-11.
  • FELL, H. B. 1960. Synoptic keys to the genera of Ophiuroidea. Zoology Publs, Vict. Univ., Wellington, (26):1-14.
  • FURTADO, V. V. & MAHIQUES, M. M. 1990. Distribuição de sedimentos em regiões costeiras e plataforma continental norte do Estado de São Paulo. In: SIMPÓSIO DE ECOSSISTEMAS DA COSTA SUL E SUDESTE BRASILEIRA: ESTRUTURA, FUNÇÃO E MANEJO, 2., Águas de Lindóia, 1990. São Paulo, Academia de Ciências do Estado de São Paulo. v. 1, p.20-29.
  • MANSO, C L. C. 1988a. Sobre a ocorrência de Amphilepis sanmatiensis Bernasconi & D'Agostino, 1975 na costa sul do Brasil (Echinodermata: Ophiuroidea). Revta brasil. Biol., 48(2)371-373.
  • ______ 1988b. Uma nova espécie de Ophiactis (Echinodermata: Stelleroidea) da costa sudeste do Brasil. Revta brasil. Biol., 45(2):375-379.
  • ______ 1988c. Ofiuróides da plataforma continental brasileira. Parte I: Rio de Janeiro (Echinodermata: Ophiuroidea). Revta brasil. Biol, 48(4):845-850.
  • ______ 1988d. Sobre a ocorrência de Ophionema intricata Lutken, 1869 e Ophiophragrnus brachiatis H. L. Clark, 1915 no Brasil (Echinodermata, Ophiuroidea, Amphiuridae). Revta brasil. Biol., 48(4):965-968.
  • ______ 1989. Os Echinodermata da plataforma continental interna entre Cabo Frio e Saquarema, Rio de Janeiro, Brasil. Revta brasil, biol., 49(2):355-359.
  • MONTEIRO , A. M. G. 1987. Ophiuroidea (Echinodermata) da região de Ubatuba (SP) - Aspectos morfológicos e ecológicos. Tese de doutorado. Universidade de São Paulo, Instituto Oceanográfico. 166p.
  • MOURA-BRITO, M. 1985. Stelleroidea da "Operação Sueste I" e das regiões costeira e estuarina do Estado do Paraná (Echinodermata). Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Paraná, Depatamento de Zoologia. 78p.
  • OLIVEIRA, L. 1950. Levantamento biogeográfico da Baia da Guanabara. Meros Inst. Oswaldo Cruz, 48:363-391.
  • RATHBUN, R. 1879. A list of the Brazilian echinoderms with notes on their distribution. Trans. Conn. Acad. Arts Sd , 5(3):139-158.
  • TOMMASI, L. R. 1965. Alguns Amphiuridae (Ophiuroidea) do litoral de São Paulo e de Santa Catarina. Contrções Inst, oceanogr. Univ. S Paulo, sér. Oceanogr. biol. (8):1-9.
  • ______ 1970. Os ofiuróides recentes do Brasil e de regiões vizinhas. Contrções Inst. Oceanogr. Univ. S Paulo, sér. Oceanogr. biol., (20):1-146.
  • ______ 1971a. The echinoderms of the Ilha Grande (RJ, Brasil). Distribution and abundance of six species up to the isobath of 50 m. In: Costlow Jr., J. D., ed. Fertility of the sea. New York, Gordon and Breach, v.2, p.581-592.
  • ______ 1971b. Equinodermos do Brasil. II. Equinodermes da Baía do Trapandé, situada no complexo estuarino-lagunar de Cananéia, SP. Bolm Inst, oceanogr., S Paulo, 20:20-23.
  • ______ 1971c Equinodermes do Brasil. I. Sobre algumas novas espécies e outras pouco conhecidas, para o Brasil. Bolm Inst, oceanogr., S Paulo, 20:1-21.
  • ______ 1974a. Observações sobre a distribuição batimétrica de seis espécies de equinodermes na região da desembocadura do Rio Doce (ES). Revta bras. Biol., 34(2):187-190.
  • ______ 1974b. Equinodermes do Brasil. III. Observações sobre algumas espécies coletadas durante as viagens do N/Oc. "Almirante Saldanha". Bolm Inst, oceanogr., S Paulo, 23:1-15.
  • ______ 1985. Equinodermes da região da Ilha da Vitória (SP). Relat. int. Inst, oceanogr., Univ. S Paulo, (13):1-5.
  • TOMMASI, L. R. & ABREU, J. 1974. Equinodermes do Brasil. IV. Sobre seis espécies novas de Ophiuroidea da região ao largo da Ilha Grande (RJ). Bolm Inst. oceanogr., S Paulo, 23:17-32.
  • TOMMASI, L. R. & ARON, M. A. 1987. Equinodermes dos bancos submarinos da cadeia de montanhas Vitória-Trindade. Relat. int. Inst. oceanogr., Univ. S Paulo, (18):1-9.
  • ______ 1988. Equinodermes da plataforma continental do sudeste do Estado da Bahia. Relat. int. Inst, oceanogr., Univ. S Paulo, (19):1-6.
  • TOMMASI, L. R.; CASTRO, S. M. & SOUSA, E. C. P. M. 1988a. Echinodermata coletados durante as campanhas oceanográficas do N/Oc. "Almirante Saldanha" no Atlântico Sul Ocidental. Relat. int. Inst. oceanogr. Univ. S Paulo, (21): 1-11.
  • ______; CERNEA, M. C. W. & CONDEIXA, M. C. G. 1988b. Equinodermes coletados pelo N/Oc."Almirante Saldanha", entre 26ş59'S e 38ş39'S. Relat int. Inst. oceanogr., Univ. S Paulo, (22):1-11.
  • TOMMASI, L. R. & OLIVEIRA, E. 1976. Equinodermes do Brasil. V. Sobre algumas espécies coletadas durante viagens do N/Oc. "Prof. W. Besnard". Bolm Inst. oceanogr., S. Paulo, 25:77-100.
  • (*
    ) Bolsista do CNPq.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      15 Maio 2012
    • Data do Fascículo
      1992

    Histórico

    • Revisado
      05 Out 1992
    • Recebido
      05 Dez 1991
    • Aceito
      10 Dez 1992
    Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo Praça do Oceanográfico, 191, 05508-120 São Paulo SP Brasil, Tel.: (55 11) 3091 6513, Fax: (55 11) 3032 3092 - São Paulo - SP - Brazil
    E-mail: amspires@usp.br