Variação espacial e temporal da comunidade fitoplanctônica em um trecho do Rio Iguaçu, Paraná, Brasil

VC Menezes NC Bueno LC Rodrigues Sobre os autores

Este trabalho objetivou apresentar a variação da composição e da estrutura da comunidade fitoplanctônica a montante e a jusante das Cataratas do Iguaçu, Rio Iguaçu, Paraná, e verificar a influência destas quedas d'água e das variáveis ambientais sobre esta comunidade. As coletas do material fitoplanctônico foram realizadas mensalmente, durante um ano, em duas estações de amostragem no Rio Iguaçu. Um total de 408 táxons foi identificado, sendo Bacillariophyceae o grupo melhor representado. Uma marcante diferenciação na composição do fitoplâncton entre as estações amostradas foi observada. A riqueza total e a densidade dos grupos fitoplanctônicos foram muito baixas em ambos os locais de coleta, assim como a diversidade de Shannon; contudo, a equitabilidade, de uma maneira geral, foi alta. Não foi observada diferença sazonal e espacial significativa para os atributos da comunidade fitoplanctônica. Entretanto, diferenças sazonais significativas foram observadas quando avaliadas as densidades e riquezas das classes de algas, separadamente. A heterogeneidade das características do Rio Iguaçu entre os locais amostrados não causaram uma diferenciação espacial significativa nos atributos da comunidade fitoplanctônica. Entretanto, a variação sazonal das condições climáticas influenciou significativamente a composição e a estrutura da comunidade no Rio Iguaçu.

ecossistema lótico; potamoplâncton; Rio Iguaçu


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br