Taxonomia, ecologia e distribuição geográfica das espécies do gênero Thermocyclops Kiefer, 1927 no estado de São Paulo, com a descrição de uma espécie nova

Foram realizadas coletas em 207 corpos de água, distribuídos em 22 unidades de gerenciamento de recursos hídricos (UHGRH) do estado de São Paulo no período de 1999 a 2002, abrangendo grandes e pequenos reservatórios, lagoas marginais e grandes rios. Nestas coletas foram analisadas as espécies do gênero Thermocyclops quanto à taxonomia, distribuição geográfica e freqüência de ocorrência. O gênero Thermocyclops ocorreu em corpos de água com zona limnética bem desenvolvida e com raras exceções em ambientes estritamente litorâneos. Foram registradas quatro espécies, sendo Thermcyclops iguapensis espécie nova, que ocorreu nos reservatórios das UHGRHs Ribeira do Iguape e Paraíba do Sul. A descrição da espécie nova e a distribuição das quatro espécies são apresentadas, mostrando que Thermocyclops decipiens foi a espécie mais freqüente, ocorrendo em 71% dos corpos de água com região limnética desenvolvida. Esta espécie é característica de ambientes eutróficos, onde ocorre em grande número, e a espécie Thermocyclops minutus é característica de ambientes oligotróficos. Thermocyclops inversus e Thermocyclops iguapensis n. sp. não são espécies freqüentes, mas podem co-ocorrer com a espécie Thermocyclops decipiens.

Copepoda Cyclopoida; distribuição geográfica; Thermocyclops; Thermocyclops iguapensis n. sp.


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br