Interações entre macroinvertebrados bentônicos e peixes em um rio de baixa ordem nos Campos de Cima da Serra, RS, Brasil

LT. Winckler-Sosinski TCL. Silveira UH. Schulz A. Schwarzbold Sobre os autores

Os macroinvertebrados bentônicos exercem a ligação entre a entrada de matéria orgânica nos rios e os peixes. Porém, a possibilidade de influência dos predadores sobre os invertebrados é uma questão ainda controversa. A possibilidade de alteração da comunidade bentônica, pela modificação na predação em um rio no sul do Brasil, foi estudada através de um experimento de exclusão em condições seminaturais. A exclusão resultou no aumento na abundância de Plecoptera no rio onde é feita a introdução de truta arco-íris; as larvas de Trichoptera também aumentaram em abundância nas unidades onde se efetuou a exclusão. Essa diferença não pode ser atribuída à presença das trutas, devido às diferenças na ictiofauna e de habitat dos dois rios. Entretanto mostra a necessidade de desenvolvimento de estudos acerca das relações tróficas e possíveis efeitos desta introdução sobre a biota aquática

macroinvertebrados bentônicos; riachos de baixa ordem; predação; experimento de exclusão; peixe exótico


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br