Padrões no uso de recursos alimentares, por duas espécies congenéricas de piranhas (Serrasalmus), na planície de inundação do alto rio Paraná

Serrasalmus marginatus invadiu o alto rio Paraná após a construção da barragem de Itaipu, em novembro de 1982. Depois desse evento houve redução na abundância da espécie nativa S. spilopleura. A análise do padrão de utilização dos recursos alimentares revelou que ambas as espécies utilizam as mesmas estratégias alimentares, tendo por alimento principal peixes (inteiros ou fragmentos de musculatura) e nadadeiras arrancadas das presas. Os horários de atividade e a cronologia alimentar diária foram mais definidos para S. marginatus. Entre os jovens, verificou-se que a tomada do alimento foi significativamente descontínua (F = 2,83; p < 0,05 and F = 13,25; p < 0,05) com um pico às 16 horas, para ambas as espécies. Diferenças ontogenéticas na dieta, forte sobreposição alimentar entre indivíduos de S. marginatus de porte maior e S. spilopleura menor e agressividade de S. marginatus na delimitação de territórios alimentares podem ter contribuído para o sucesso da espécie invasora.

alimentação; cronologia alimentar; introdução de espécie


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br