Uma nova espécie de nematóide Goezia leporini n. sp. (Anisakidae) de peixe de água doce cultivado Leporinus macrocephalus (Anostomidae) no Brasil

Este trabalho descreve a infecção por nematóide em peixe de água doce cultivado Leporinus macrocephalus (Osteichthyes: Anostomidae) do município de Batatais, São Paulo, Brasil. Os peixes apresentavam aglomeração nas bordas do viveiro, entrada da água, inapetência, letargia, perda do equilíbrio, palidez do sangue e dos órgãos e ascite. De 32 peixes examinados, 21 (65%) estavam infectados com Goezia leporini n. sp. (Nematoda: Anisakidae), com intensidade média de 4,1 parasitos. Os nematóides apresentaram maior comprimento total do que G intermedia, G. holmesi, G. pelagia, G. minuta, G. kliksi, G. sinamora, G. nonipapillata, G. alii, G. moraveci, G. brasiliensis e G. brevicaeca. A principal diferença foi o maior número de papilas pré-anais nos machos do que o observado em G. brasiliensis e G. brevicaeca. Essa descrição também difere de G. brasiliensis no comprimento do espículo e na distância da vulva até a extremidade anterior.

Nematoda; Anisakidae; Goezia leporini n. sp.; peixe cultivado; Leporinus macrocephalus


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br