O ritmo climático e as florações de cianobactérias em um reservatório tropical em São Paulo, Brasil

I Ogashawara JA Zavattini JG Tundisi Sobre os autores

O presente trabalho buscou desenvolver uma metodologia para análise da qualidade da água com base em conceitos e métodos do clima e da climatologia respectivamente. Dessa forma, buscou-se relacionar técnicas e metodologias hidrometeorológicas e limno-meteorológicas com a técnica de análise rítmica desenvolvida dentro da climatologia geográfica brasileira para avaliar e analisar as florações de cianobactérias, principal índice de qualidade de água encontrado nos reservatórios da Bacia do Alto Tietê e consequentemente da Região Metropolitana de São Paulo, área de alta complexidade ambiental devido ao seu alto grau de desenvolvimento e a sua alta densidade populacional. Os dados meteorológicos utilizados para o desenvolvimento do trabalho foram coletados a partir da estação meteorológica do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo e os dados limnológicos foram coletados por meio do Sistema de Monitoramento Hidrológico implantado pela SABESP nos reservatórios de Billings e Guarapiranga assim como os dados laboratoriais da mesma entidade. A análise rítmica e integrada de todos os dados mostrou que o processo de floração de cianobactérias é dependente não apenas de um fator específico, mas de uma combinação de fatores meteorológicos como temperatura e intensidade do vento que podem quebrar a estabilidade do reservatório e proporcionar durante a estabilização as condições necessárias para o desenvolvimento das cianobactérias. Também foi mostrado como o ritmo de entrada de Frentes Polares Atlânticas, durante o inverno paulistano, é um fator que limita o crescimento das cianobactérias devido à sua alta frequência, mantendo o reservatório desequilibrado por todo o período. Os tipos de tempo que podem causar instabilidade na coluna da água foram identificados com: entrada de Frentes Frias (66,67%), conflitos entre massas (22,22%) e Linha de Instabilidade (11,11%). Mostra-se assim a importância do trabalho para a prevenção e previsão de períodos inapropriados para o uso desses reservatórios principalmente para atividade de recreação.

climatologia geográfica; análise rítmica; estratificação; mixing; cianobactérias


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br