A complexidade arquitetural de plantas aumenta com a complexidade do habitat? Um teste com um arbusto pioneiro de Cerrado

FAO Silveira EG Oliveira Sobre os autores

O entendimento da variação dos atributos de plantas em ambientes heterogêneos é importante para prever respostas às mudanças climáticas; entretanto, a resposta de atributos das plantas às mudanças ambientais é pouco conhecida ao longo de gradientes ecológicos. Testou-se a hipótese de que a complexidade arquitetural de Miconia albicans (SW.) Triana aumenta com a complexidade ambiental, ao longo de um gradiente de fertilidade de solo em um Cerrado no sudeste brasileiro. A arquitetura e a produtividade (estimada por meio do número total de infrutescências sadias) foram examinadas em três tipos de vegetação, que formam um gradiente de fertilidade de solo, de densidade de árvores e de cobertura vegetal: campo sujo (CS), cerrado sensu stricto (CE) e cerradão (CD). Plantas crescendo no CS foram menores e apresentaram menor complexidade arquitetural, enquanto plantas no CD foram maiores. No entanto, de forma inesperada, plantas no CD não demonstraram maior complexidade arquitetural quando comparadas às plantas de CE, e a maior similaridade arquitetural entre plantas de CE e CD, quando comparadas com plantas de CE e CS, sugere que a expressão de atributos funcionais da arquitetura é limitada sob condições de sombra. Plantas de CE produziram mais ramos quaternários e maior número de infrutescências, sendo que a maior produtividade destas plantas indica que a variação de atributos em gradientes ecológicos é mais complexa do que se pensava anteriormente. Galhas de nematóides destruíram 76,5% das infrutescências nas vegetações, mas a porcentagem de ataque não esteve fortemente correlacionada com as variáveis arquiteturais. Os resultados do presente trabalho sugerem limitação na expressão da arquitetura da planta induzida pela sombra e apontam para uma complexa variação fenotípica na colonização de ambientes heterogêneos de savanas neotropicais.

Cerrado; arquitetura de planta; galhas de nematoide; tolerância à sombra; associação traço-ambiente


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br