Efeitos da Inibição da síntese do etileno no estresse oxidativo e na conservação in vitro de Lippia filifolia (Verbenaceae)

MR. Pimenta C. Ribeiro CQG. Soares GC. Mendes VF. Braga LB. Reis WC. Otoni CF. Resende LF. Viccini PHP. Peixoto Sobre os autores

O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos de inibidores da biossíntese do etileno no metabolismo oxidativo e na conservação in vitro de Lippia filifolia. Para isso, foram avaliados o índice de peroxidação lipídica (TBARS), a atividade de enzimas antioxidativas e o conteúdo de pigmentos fotossintéticos e de antocianinas. Os resultados evidenciaram que o EDTA, o tiossulfato de sódio (STS) e, especialmente, o Co apresentaram ação protetora sobre o estresse oxidativo nos tecidos, o que resultou em atraso no início da senescência das culturas e na redução da frequência dos subcultivos, contribuindo para a conservação do germoplasma dessa espécie.

inibidores de etileno; TBARS; EROs; micropropagação; conservação de germoplasma


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br