Avaliação “in vitro” do potencial baterívoro de três espécies de Cladocera de ocorrência tropical e subtropical

L. H. Hayashi-Martins A. S. Mansano K. F. Hisatugo O. Rocha M. H. R. Seleghim Sobre os autores

Resumo

Dentre os diversos consumidores de bactérias nas teias alimentares de ambientes dulcícolas, os cladóceros ocupam uma posição relevante, sendo filtradores relativamente não seletivos que podem exercer forte impacto na redução populacional microbiana. Avaliamos o potencial bacterívoro de três espécies de cladóceros de ocorrência tropical e subtropical (Ceriodaphnia silvestrii, Ceriodaphnia cornuta e Daphnia gessneri) em diferentes fases de vida, através do estudo microscópico de suas estruturas filtradoras e da quantificação de suas taxas de ingestão em experimentos de bacterivoria utilizando-se bactérias marcadas fluorescentemente (FLB). As espécies estudadas mostraram ter uma rede de malhas filtradoras suficientemente estreitas para reter bactérias. A maior distância entre as sétulas foi encontrada em primíparas de C. cornuta, e a menor em neonatos de D. gessneri. As menores Taxas de Ingestão (TI) e Remoção (TR) foram observadas em primíparas de C. silvestrii e as maiores em adultas de D. gessneri. Concluímos que as bactérias podem ser consideradas um importante suplemento alimentar, principalmente para neonatos, que apresentaram pequenas distâncias intersetulares e altas taxas de ingestão comparadas aos outros estágios de vida.

Palavras-chave:
MEV; bacterivoria; FLB; Daphnia; Ceriodaphnia

Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br